Governo estuda liberação de eventos com 100% da capacidade de público até dezembro

Nesta segunda-feira (20), em reunião com o setor de eventos de Alagoas, o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, afirmou que o governo do estado deve permitir eventos com 50% da capacidade a partir do mês de outubro.

A iniciativa partiu da proposta da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape), que prevê a abertura ainda maior do setor nos meses seguintes: 80% em novembro e 100% em dezembro.

Ayres reforçou que, nos próximos dias, o governo de Alagoas irá emitir um novo decreto de distanciamento social, explicando as regras para o retorno do setor.

O gestor da pasta salientou que as medidas podem ser revistas, a depender do aumento do número de casos por infecção do novo coronavírus; a ocupação de leitos exclusivos para pacientes com a doença e número de óbitos.

A partir da segunda quinzena de novembro, está prevista uma nova conversa sobre o avanço no setor, levando em consideração que há um impacto maior dos vírus gripais, como a Covid-19. “Estamos lidando com um vírus gripal, existe uma sazonalidade. Todos os anos no final do ano, até o mês de março, teremos impacto desse vírus. Igual a todo vírus gripal”, colocou Ayres.

Outro protocolo discutido na reunião foi a apresentação obrigatória do cartão de vacinação para participar de eventos.

O presidente da Abrape, Sérgio Feitosa, frisou que alguns eventos já podem retornar com a capacidade total, como feiras de negócios. “Nesses eventos, só vão entrar pessoas completamente vacinadas e podemos realizar o rastreamento do vírus nelas, conferir se alguém foi infectado por conta do evento. É mais seguro que o shopping, por exemplo”, relatou.

*Estagiárias sob supervisão da editoria

cadaminuto
.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo