Flow: Monark diz que vendeu sua parte, mas ainda não recebeu dinheiro

Logo após afirmar que se arrepende de ter pedido desculpas por defender a criação de um partido nazista, Bruno Aiub, o Monark, afirmou que vendeu sua parte do Flow Podcast, do qual era sócio, mais ainda não recebeu o dinheiro devido.

“Vou ganhar, assim que eles tiverem dinheiro para pagar. A gente perdeu todos os patrocínios, foi desmonetizado… Secou a fonte de renda”, disse ele, ao podcast Cara a Tapa, de Rica Perrone.

“Não sei se me encaixo mais no Flow, para ser sincero. Eu sou alvo e vou continuar sendo alvo. Sou uma pessoa muito autêntica, falo meio sem pensar… Não quero pôr eles novamente em uma situação em que o caos se instaura por causa de algo que eu falei”, desabafou ele.

Monark ainda disse que seu desligamento do Flow foi desnecessário: “Se eu fosse cancelado e tivesse ficado no Flow, se a gente tivesse lutado de frente contra essa onda [do cancelamento] ao invés de só dar o meu corpo para ver se acalmava a turma raivosa, eu acho que poderia ter ido por um caminho muito legal. A gente poderia até ter vencido uma batalha numa guerra”, analisou Monark. “Acho que dava para ter peitado, mas vai saber, né? Era mais arriscado peitar do que não [peitar].”

Metrópoles

.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo