Destaque

Covid-19: Novo decreto estadual gera alterações no comércio de Penedo

O primeiro final de semana de março deste ano ficará marcado como a volta de Alagoas para a fase amarela no combate ao Covid-19. A retomada de normas restritivas foi decretada nesta quinta-feira, 04, pelo governador Renan Filho.

 

As medidas para reduzir a disseminação do coronavírus entram em vigor por sete dias, a partir deste sexta-feira, 05, quando setores funcionarão com horário e capacidade de público reduzida.

 

Templos, igrejas e demais instituições religiosas precisam realizar as celebrações com 60% da capacidade dos locais.

 

Casas de shows e boates não poderão funcionar, enquanto que bares e restaurantes continuam abertos até as 23 horas, mas atendendo até o limite da metade de pessoas que cabem dentro dos locais, com mesas dispostas respeitando a distância de 1,5m entre clientes.

 

Transporte

 

A mesma medida também vale para o serviço de transporte de passageiros, intermunicipal e turístico, que continua sendo ofertado com 50% de sua lotação. Academias de ginástica, clubes e centro de treinamento em práticas esportivas também podem funcionar com 50% da capacidade de clientes/atletas.

 

O Governo de Alagoas também determina que eventos e festas em geral estão suspensos e proibidos, inclusive de caráter privado ou comercial. Reuniões presenciais com mais de 20 pessoas também estão vetadas.

 

O mesmo decreto prevê ainda que as aulas na rede privada permanecem autorizadas.

 

Comércio

 

Todas as lojas de ruas localizadas fora do centro de Penedo passam a funcionar a partir das 10h, fechando às 19h. Para os estabelecimentos situados na Avenida Floriano Peixoto, Largo da Igreja São Gonçalo e toda área que compreende o comércio no Centro Histórico o horário será das 09h às 17 horas.

 

Além das medidas válidas por sete dias, as recomendações gerais para o enfretamento da pandemia permanecem inalteradas, como uso obrigatório de máscara dentro dos locais de trabalho, assim como nas ruas.

 

Os estabelecimentos comerciais devem disponibilizar álcool 70%, intensificar a limpeza nos ambientes a cada duas horas, sinalizar o piso para que os clientes percebam o respeito à distância mínima de 1,5m entre eles e a separação entre as estações de trabalho de, pelo menos, dois metros.

 

Quem detectar estabelecimento funcionando de forma irregular ou a realização de festas/aglomerações, pode denunciar usando o número 190.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Em relação aos mercados,as lojas não chegam nem perto do absurdo de pessoas nos mercados e supermercados,acho uma ignorância da parte de quem manda fecha uma loja que não tem o mesmo fluxo dos supermercados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com