Carlinhos Maia: PC/AL nega responsabilidade por vídeo divulgado em emissora de TV e diz que apenas informações divulgadas por sua assessoria devem ser consideradas

Dois dias depois do jornalista Luiz Bacci, da Record TV, divulgar novas imagens sobre o furto dentro do apartamento do influencer Carlinhos Maia, e a emissora também mostrar as imagens, a Polícia Civil de Alagoas divulgou nota afirmando não ser responsável por a veiculação do vídeo.

Segundo a PC/AL, a emissora afirmou que um integrante da Polícia Civil alagoana teria confirmado o envolvimento da pessoas que aparecem no vídeo, no furto ao apartamento de Maia. No entanto, a PC nega qualquer responsabilidade pela veiculação das imagens e afirma que as notícias referentes ao caso serão divulgadas pelos delegados responsáveis, por meio da Assessoria de Comunicação da instituição.

Ainda segundo a PC, qualquer outra informação divulgada que não seja por meio da sua assessoria deve ser desconsiderada.

Leia a nota da PC/AL na íntegra:

“A Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) reitera que quaisquer notícias relativas ao furto no apartamento do influenciador digital Carlinhos Maia serão divulgadas pelos delegados responsáveis pelas investigações do caso por meio da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da instituição, devendo ser desconsideradas quaisquer outras fontes.
O objetivo é não atrapalhar as investigações em curso, neste momento.
O esclarecimento vem em razão de uma emissora de televisão, em nível nacional, haver exibido imagens de um casal entrando em um hotel de Maceió e atribuído a um integrante da PC/AL a confirmação de que tais pessoas teriam envolvimento com o furto ao apartamento do influenciador digital.
A Polícia Civil de Alagoas não se responsabiliza por este tipo de veiculação.”

O jornalista Luiz Bacci, da Record TV, divulgou em suas redes sociais novas imagens sobre o furto dentro do apartamento do influencer Carlinhos Maia, na última terça-feira (14). O vídeo mostra imagens de uma mulher, que o apresentador afirma que pode ter participado diretamente do furto das joias.

As imagens que mostram a mulher foram feitas dentro do hotel de luxo, que segundo Bacci, foram feitas 20 minutos após os suspeitos terem deixado o apartamento de Carlinhos. No vídeo, a mulher aparece entrando no hotel, acompanhada de um homem, com as mesmas características da dupla que invadiu o condomínio.

Até o momento, três homens suspeito de envolvimento no crime foram presos, entre eles um empresário de Campina Grande.  Após a prisão do trio, a polícia não divulgou nenhuma outra nova informação sobre a dinâmica do crime, nem imagens do hotel, onde os suspeitos ficaram hospedados.

cadaminuto

.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo