Brasil/MundoDestaque

Sikêra Jr é denunciado ao MP por associar Xuxa à pedofilia

Sikêra Jr. foi denunciado ao Ministério Público de São Paulo por ataques direcionados à Xuxa Meneghel no Alerta Nacional da última sexta-feira (23/10). Durante o programa exibido pela RedeTV!, o jornalista associou a apresentadora à pedofilia por publicar um livro infantil sobre uma criança com duas mães.

O autor da denúncia, Agripino Magalhães, é ativista dos direitos da população LGBTQI+ e já acionou a Justiça contra o apresentador em outras ocasiões. Sikêra Jr, inclusive, já foi condenado por LGBTfobia por chamar uma modelo transgênero de “raça desgraçada”.

“Sikêra Jr ataca brutalmente e de forma homofóbica Xuxa Meneghel. O tal apresentador abusa de um trecho do livro da apresentadora de forma desproporcional, LGBTIfóbico e ilegal para disseminar ódio em rede nacional de televisão contra a população LGBTI+. A passagem do livro fala do amor entre duas mães lésbicas que se amam”, justifica o ativista.

Xuxa responde com campanha

Xuxa publicou um vídeo nas redes sociais em que diz: “Zoofilia é crime, não é piada. Não existe sexo com animais. Não existe sexo com crianças. Isso é estupro”.

A gravação contou com a participação de sua filha, Sasha Meneghel, a atriz Camila Pitanga, a cantora Rita Lee e as apresentadoras Ana Maria Braga, Angélica e Luisa Mell.

Apesar de não citar o nome de Sikêra Jr., a mensagem é uma direta ao apresentador programa “Alerta Nacional”.

Na semana passada, ao falar sobre uma notícia em que uma mulher teria flagrado seu marido fazendo sexo com uma égua, Sikêra Jr. propôs uma “simulação” do vídeo feita por dos integrantes do programa – um deles utilizando uma máscara de burro.

Fonte: Gazetaweb

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar