Destaque

Sexta-feira Santa tem Procissão como grande marco desse momento da Igreja

“Nessa Sexta-Feira Santa que os antigos chamava de Sexta-Feira Maior”, quando celebramos a Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo, o silêncio, o Jejum e a Oração marcaram  aquele momento da Igreja. Ao contrário do que muitos pensam, a paixão não deve ser vivida em clima de luto, mais no profundo respeito e meditação diante da morte do Senhor que, morrendo,  foi vitorioso trazendo a salvação para todos ressurgindo para a vida eterna.”

Partindo deste ponto os fieis penedenses lotaram a Igreja Matriz Catedral Diocesana nessa Sexta-Feira às 19 horas para celebrar a Paixão e Morte  de Nosso Senhor Jesus Cristo seguindo o ritual católico com o evangelho em forma de narrativa pelo Bispo Dom Valério Breda, pelo Padre Edinaldo Santos e o Diácono Joaquim.  A Celebração da Paixãode Jesus é bastante silenciosa e é quando os féis relembram o Julgamento, condenação e crucificação de Jesus.

A missa foi dividida em três partes: celebração da palavra, adoração à cruz e a distribuição de comunhão. Um dos pontos bonitos da celebração foi a descida da Imagem de Jesus da cruz  em encenação por parte de jovens e fieis católicos  da Paróquia Nossa Senhora do Rosário. Em seguida, houve a tradicional procissão com as Imagens de Senhor Morto e Nossa Senhora das Dores percorrendo às principais ruas da cidade.

 

Geraldo José

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar