Renan Filho toma posse para segundo mandato com foco na solidez fiscal de AL

O governador Renan Filho (MDB) tomou posse na tarde desta terça-feira, 1º de janeiro, para mais quatro anos de mandato à frente do cargo. Ao chegar à Assembleia Legislativa Estadual (ALE) para a sessão solene de posse, o governador falou com a imprensa e sinalizou que deve focar a solidez fiscal de Alagoas durante o segundo mandato.

“Os planos é dar continuidade ao que o Estado vem executando, corrigindo eventuais lacunas, manter um governo que prima pela solidez fiscal, pela transparência e bom uso dos recursos públicos. Hoje, Alagoas dá exemplo ao Brasil como o estado que mais reduz a violência, melhora a educação e tem inúmeros investimentos em infraestrutura”, disse o governador, ainda na entrada da sede da ALE, pouco antes de tomar posse.

Renan Filho também falou sobre a carga tributária do estado. “As principais medidas e o crescimento da arrecadação em Alagoas não foram provenientes de tributação. O aumento da nossa arrecadação foi, sobretudo, pelo ajuste fiscal feito, que permitiu elevar a receita combatendo a sonegação, a evasão, permitindo que novos negócios viessem para Alagoas. Por outro lado, contendo despesas, evitando desperdícios, redundâncias e sobreposição de gastos. Tudo isso foi o que nos garantiu solidez fiscal”, afirmou.

Caso Santoro

Renan Filho também foi questionado sobre a investigação envolvendo o secretário da Fazenda, George Santoro, pelo Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro (MP/RJ). A denúncia foi publicada pelo jornal Gazeta de Alagoas na edição do último final de semana.

“O George Santoro foi subsecretário do Rio de Janeiro e lá tem uma investigação que coloca o nome dele por ter assinado uma portaria. George é um homem de bem, um homem íntegro, e que faz, sem dúvida alguma, a maior administração fazendária que Alagoas já viu em toda a sua história”, observa.

Mudança no secretariado

Sobre a mudança no secretariado estadual, Renan Filho voltou a afirmar que só deve fazer novas alterações no primeiro escalão após a posse dos deputados, o que só vai ocorrer em 1º de fevereiro. A medida visa atender as alianças políticas que serão seladas entre Executivo e Legislativo, como a formação da base aliada do governo na ALE.

“Estou adequando a reforma do secretariado ao calendário legislativo. Nós devemos levar, até o final de fevereiro, a mesma equipe que estamos terminando este ano para, somente a partir daí, com o novo legislativo pronto, a gente possa fazer um diálogo mais representativo e à luz do que disseram as urnas no último 8 de outubro [data das eleições de 2018].

A posse de Jair Bolsonaro como presidente da República também ecoou na ALE. Pouco ante da posse, Renan Filho também falou sobre o novo governo federal que começa neste dia 1º de janeiro.

“Eu torço muito para que o novo governo federal tenha êxito. Ante de sair de casa, eu acompanhava o discurso do presidente Jair Bolsonaro e torço bastante para que ele tenha todo o sucesso do mundo e possa tirar o Brasil dessa crise, que desempregou pessoas, que faz a economia andar de lado e reduziu muito o nosso Produto Interno Bruto (PIB). Nós precisamos voltar a crescer, dinamizar a economia”, disse.

Discurso de Renan Filho teve foco em abordar relação entre os Poderes e pontuar quais serão as prioridades para o segundo mandato

FOTO: ITAWI ALBUQUERQUE

Discurso

Durante a posse na ALE, Renan Filho priorizou abrir o seu discurso falando da relação entre os Poderes, mais especificamente entre Legislativo e Executivo.

“Em primeiro lugar, quero registrar meu agradecimento ao Poder Legislativo alagoano, na pessoa de seu presidente, deputado Luiz Dantas, pela parceria, pela participação desta Casa no empenho realizado pelo governo do Estado para transformar Alagoas durante o período 2015/2018. Gostaria ainda de parabenizar a todos os eleitos no último pleito para a Assembleia, para a Câmara Federal e para o Senado Federal, destacando – como disse em campanha – que vamos precisar muito do reforço de todos, especialmente do senador Renan, que seguirá ao seu quarto mandato como senador por Alagoas”, disse.

Em seguida, pontuou suas prioridades para o segundo mandato que se inicia. “O controle de gastos será feito com lupa ainda mais potente, para que se extraia de cada centavo do dinheiro público o máximo possível, e até o que parece impossível. Se no primeiro governo foi preciso apertar, neste segundo vamos ter que inventar um cinto ainda mais potente. É assim, cortando ainda mais o desperdício, eliminando privilégios que acaso tenham restado e suprimindo funções semelhantes e encavaladas, que faremos o que o povo precisa, entregaremos os cinco hospitais em construção que Alagoas espera; colocaremos mais UPAs em funcionamento, facilitaremos consultas, exames, cuidados especiais e faremos mutirões de cirurgias para utilizar de maneira plena toda a nova estrutura que estamos erguendo”, completa.

Confira aqui o discurso completo de posse do governador feito na sessão solene da ALE.

Mais posses

Após a sessão solene na Assembleia Legislativa Estadual, o governador Renan Filho seguiu para o Palácio Floriano Peixoto, onde assinou o termo de posse dos secretários estaduais que haviam sido exonerados por causa da transição entre um mandato e outro. A principal mudança foi na Secretaria Estadual de Educação, que volta para o comando do vice-governador Luciano Barbosa (MDB). Ele havia se afastado da pasta durante o período eleitoral.

Renan Filho voltou a falar em arrocho nos gastos da máquina pública durante seu discurso.

“O controle de gastos será feito com lupa ainda mais potente, para que se extraia de cada centavo do dinheiro público o máximo possível, e até o que parece impossível. Se no primeiro governo foi preciso apertar, neste segundo vamos ter que chegar até o último botão do cinco do organismo governamental, cortando ainda mais o desperdício, eliminando privilégios e suprimindo funções semelhantes ou sobrepostas. Tudo, mais uma vez, se apoiando em pilares bem sólidos”, afirmou.

Confira aqui o discurso completo feito por Renan Filho durante a assinatura dos termos de posse do secretariado.

GazetaWeb

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com