Alagoas

Renan Filho toma posse e garante segundo mandato melhor do que o primeiro

Texto de Severino Carvalho

Fazer um segundo mandato ainda melhor do que o primeiro. Esse foi o desafio assumido e anunciado pelo governador Renan Filho ao tomar posse na tarde de terça-feira (1º) na Assembleia Legislativa do Estado (ALE), ao lado do vice, Luciano Barbosa. Ele também nomeou o secretariado em solenidade realizada no Museu Palácio Floriano Peixoto (Mupa) e afirmou que só fará mudanças a partir de fevereiro,com a nova composição do Legislativo Estadual.

Renan Filho recordou que o primeiro governo foi aprovado, ao longo dos últimos quatro anos, pelas pesquisas de opinião e no teste final, verdadeiro e decisivo: o das urnas. Agora, segundo ele, o desafio é fazer ainda melhor, assumindo o compromisso de avançar; manter e melhorar o que deu certo, além de corrigir os rumos do que não deu.

“É uma responsabilidade muito maior que o povo e a democracia nos entregam. Isso aumenta, multiplica, eleva à décima potência a cobrança que temos de fazer a nós mesmos, porque é a cobrança que a sociedade nos fará. Insisto: Temos que fazer um governo ainda melhor do que o primeiro. E ele será melhor”, discursou Renan Filho.

Renan Filho tomou posse para o segundo mandato e afirmou que só fará mudanças em sua equipe a partir de fevereiro (Fotos: Márcio Ferreira)

Na ALE, ele e Luciano Barbosa foram empossados pelo presidente da Casa Legislativa, deputado Luiz Dantas. Formaram a Mesa de Honra durante a sessão solene o senador Renan Calheiros; o procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça; o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE), conselheiro Otávio Lessa; do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), desembargador Otávio Praxedes; o líder do Governo na Assembleia, deputado Ronaldo Medeiros; e o primeiro-secretário, deputado Marcelo Victor.

Em seu discurso, Renan Filho agradeceu pela parceria com o Poder Legislativo que, de forma independente e republicana, contribuiu com o Governo do Estado para que Alagoas avançasse nos últimos quatro anos. Ele pregou união e disse que vai precisar ainda mais do reforço de todos neste segundo mandato que se inicia, especialmente do senador Renan Calheiros, que exercerá seu quarto mandato. O governador também aproveitou a ocasião para parabenizar os deputados eleitos para a nova legislatura.

Ainda na Assembleia, Renan Filho enfatizou as conquistas e avanços alcançados no primeiro mandato, sobretudo nas áreas da Educação, com as escolas em tempo integral e a melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb); na Saúde, com a construção de cinco hospitais; na Infraestrutura com a melhoria da malha viária e na Segurança Pública, com a implantação de programas que fizeram de Alagoas o Estado com a maior redução dos índices de violência do Brasil.

Já no Mupa, onde deu posse ao secretariado, Renan Filho reforçou, em entrevista coletiva, que só fará mudanças na chefia das pastas a partir de fevereiro, quando se iniciar a nova legislatura.

Renan Filho tomou posse para o segundo mandato e afirmou que só fará mudanças em sua equipe a partir de fevereiro (Fotos: Márcio Ferreira)

“Eu não vou mudar sem dialogar com aqueles que foram eleitos no último pleito, porque administração pública, política, se faz ouvindo, interagindo com quem representa as pessoas. É assim que vou seguir pautando meu governo e por isso vamos adiante trazer as mudanças necessárias para Alagoas”, afirmou.

No secretariado, a única mudança foi o retorno do vice-governador Luciano Barbosa à pasta da Educação, em substituição a Laura de Souza. Tomaram posse o secretário-chefe do Gabinete Civil, Felipe Cordeiro; o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Carlos Henrique de Amorim; da Assistência e Desenvolvimento Social, Fernando Soares Pereira; da Ciência, Tecnologia e Inovação, Rogério Pinheiro; da Comunicação, Ênio Lins; da Cultura, Melina Freitas; da Segurança Pública; Lima Júnior; da Ressocialização e Inclusão Social, Marcos Sérgio Santos; do Esporte, Lazer e Juventude, Cláudia Petuba; da Fazenda; George Santoro; da Infraestrutura, Mosart Amaral; do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Anna Mathylde Moura; da Mulher e dos Direitos Humanos, Maria José da Silva; do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques; da Prevenção à Violência; Esvalda Bittencourt; da Saúde; Christian Teixeira; do Trabalho e Emprego, Arthur Albuquerque; e do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito.

Tomaram posse, ainda, o procurador-geral do Estado, Francisco Malaquias, e a controladora-geral, Maria Clara Bugarim. Renan Filho revelou que vai, por meio de um projeto de lei, solicitar autorização da ALE para rever a estrutura organizacional do Estado. Segundo ele, o objetivo é deixar o Governo mais ágil, capaz de atender aos anseios do cidadão e de estar conectado com as novas tendências.

Renan Filho tomou posse para o segundo mandato e afirmou que só fará mudanças em sua equipe a partir de fevereiro (Fotos: Márcio Ferreira)

“Ao longo desse primeiro mês do segundo governo, eu vou aprofundar essas discussões, checar essa estrutura organizacional, antes de definir nomes e quantas pastas nós vamos ter. Vou discutir com secretários fusões de órgãos, de secretarias, a criação, eventualmente, de uma outra para estar conectada com as necessidades do cidadão. Na verdade, um novo governo tem que estar preparado para mudar onde for necessário, melhorar e continuar aquilo que vem dando certo”, avaliou.

Sobre o relacionamento com o governo federal, ele afirmou que espera que seja bom, republicano, e que respeite os interesses de estados e municípios.

“Eu assisti ao discurso do presidente Jair Bolsonaro hoje e ele colocou exatamente que quer menos Brasília e mais Brasil. E ao dizer mais Brasil, significa dizer mais força para Estados e municípios e menos concentração de recursos na União. Eu também penso assim. Isso é uma coisa que nos afina. Eu acho que, diferentemente da nossa Federação, a gente tem que caminhar mais para o modelo francês, onde os recursos estão na ponta, mas próximos do cidadão e não mais distantes deles”, declarou o governador.

 

Clique nos links abaixo para ler na íntegra os discursos do governador Renan Filho na Assembleia Legislativa e no Museu Palácio Floriano Peixoto.

agenciaalagoas.al.gov

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar