Esporte

“Nós sabemos tudo que envolve o clássico. A cidade para”, diz Luciano Castán

Capitão do CSA, o zagueiro Luciano Castán concedeu entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (30) e falou da expectativa para o Clássico das Multidões desta terça (1º). Um dos líderes do elenco, o zagueiro sabe como uma vitória em um clássico pode melhorar ainda mais a moral do time, principalmente na reta final da Série B em que o CSA briga por uma vaga no G-4.

“Nós sabemos tudo que envolve o clássico. A cidade para, o estado para. Mas no final, quando o juiz apitar o final do jogo, o que vai valer são os três pontos. Tem um algo a mais nessa partida e é isso que vamos levar para dentro de campo. Vencer o clássico vai nos dar confiança, ainda mais no final da competição”, disse o zagueiro.

Contra a Ponte Preta, na rodada passada, Castán alcançou uma marca importante. O zagueiro completou 90 partidas defendendo a camisa do Azulão, tendo marcado dois gols e conquistado o título do Alagoano de 2019. Castán sabe da dificuldade de chegar a números expressivos como esse, devido à grande rotatividade no futebol brasileiro.

“Fico muito feliz por alcançar essa marca, é um número bastante expressivo. Sou muito grato, primeiramente, à Deus. É uma marca expressiva. Nos dias de hoje é bastante difícil fazer 90 jogos com uma camisa. Não foi fácil chegar até aqui. Cheguei no ano passado aqui, um ano difícil pra nós, mas diante de todas as dificuldades eu estou aqui hoje e muito feliz por estar nesse momento bom com todo o grupo. Espero que continue assim, podendo ajudar meus companheiros e o CSA”, afirmou.

 

Coletiva com o zagueiro do CSA Luciano Castán

Castán comenta sobre marca de 90 jogos e expectativas pro clássico

 

Para o jogo contra o rival CRB, a equipe azulina não irá contar com seu artilheiro. Paulo Sérgio recebeu seu terceiro cartão amarelo contra a Ponte e irá cumprir suspensão automática no clássico. Mesmo sem uma peça muito importante, Castán mostra confiança no elenco.

“O Paulo é importante para nossa equipe, é o homem gol, o artilheiro. Mas quem entra, entra bem pra suprir a necessidade. Temos um grupo bastante qualificado. Lógico que queríamos ter ele na partida. Mas já tivemos desfalques importantes na competição e demos um jeito. Nosso grupo é forte e unido. Isso que é importante”, completou.

O CSA ocupa atualmente a 6ª posição com 37 pontos, somente três atrás do Juventude, primeiro time no G-4. Já o CRB está em 11º, com 32 pontos. O quinto e último Clássico das Multidões de 2020 será na próxima terça (1º), às 19h15.

Gazetaweb

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar