Muros de sede do Flamengo são pichados com pedidos de saída de Abel Braga

os muros da sede do Flamengo, na Gávea, na zona sul do Rio de Janeiro, amanheceram pichados, nesta segunda-feira (20). No protesto, rubro-negros pediram a saída do técnico Abel Braga e do vice-presidente de relações externas, Luiz Eduardo Baptista, o Bap.

O clima que parecia calmo para os flamenguistas, principalmente depois da vitória sobre o Corinthians, em Itaquera-SP, pelo jogo de ida das oitavas de finais da Copa do Brasil, se esvaiu no último sábado (18), quando o Rubro-Negro acabou derrotado por 2×1 pelo Atlético Mineiro, no Horto, mesmo atuando com um jogador a mais, desde o finzinho do primeiro tempo.

As pichações também ironizaram o destaque que vem sendo dado à conquista da Copa da Flórida pelo treinador e pelos dirigentes do clube. Em nota oficial, a diretoria exaltou o título para defender o trabalho realizado pela comissão técnica nesta temporada.

Vice-presidente de relações externas, Bap também é alvo de protesto 
FOTO: ReproduçãoCom a derrota para o Galo, o Flamengo caiu duas posições na tabela de classificação e agora é o 9º colocado, com sete pontos ganhos. O elenco do Mengão folga nesta segunda-feira e se reapresenta somente na terça-feira. O próximo adversário é o Athletico-PR, no Maracanã, domingo (26) às 16h.

Pichação ironiza a conquista da Copa da Flórida pelo Rubro-Negro
FOTO: Reprodução

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com