Polícia

Ministério do Trabalho é invadido e amanhece com salas reviradas

Nesta segunda-feira, um tribunal de Moscou condenou a 15 dias de prisão uma das quatro pessoas que interromperam o jogo da final da Copa do Mundo entre França e Croácia, no domingo, Estádio Lujniki, na capital russa, invadindo o campo com uniformes falsos de policiais.

Os quatro são membros do grupo de punk rock feminista russo Pussy Riot e tinham como objetivo protestar contra o governo do presidente Vladimir Putin.

O juiz também proibiu a invasora, Veronika Nikulshina, de comparecer a eventos esportivos por três anos. As outras três pessoas que invadiram o campo durante a final do Mundial serão sentenciadas ainda nesta segunda-feira.

gazetaweb.globo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar