AlagoasDestaque

JPMB Penedo 2019 foi a melhor edição do evento, afirma coordenador

A décima edição da Jornada Pedagógica de Músicos de Banda (JPMB) realizada em Penedo entre os dias 23 e 26 de outubro foi a melhor da história do evento de caráter internacional e gratuito.

A avaliação é do coordenador da JPMB, o Professor Doutor Marcos Moreira. “Foi a melhor jornada que tivemos nesses dez anos. Tivemos 26 cursos, três fóruns e muita gente nas praças, igrejas e no teatro se apresentando e prestigiando as bandas e os artistas”, explicou o organizador do festival que reuniu músicos e pesquisadores de Alagoas, do Brasil e de Portugal.

“Tivemos debates muito interessantes, mas é claro que queremos mais”, acrescentou Marcos Moreira, indicando a possibilidade de aumentar o número de dias da jornada em sua próxima edição.

Prefeito Március Beltrão, Coordenador Marcos Moreira, Secretária Alyne Costa e Vice-Prefeito Ronaldo Lopes

“Nós estamos na luta para que a Jornada Pedagógica de Músicos de Banda seja o maior festival do Nordeste e estamos alcançando esse objetivo, com o diferencial de ser gratuito, de caráter comunitário, algo inédito no Brasil, com participantes internacionais e tudo de graça”, destacou o principal responsável pela realização da JPMB.

Marcos Moreira agradece o apoio das entidades privadas e públicas para a realização do festival que atraiu estudantes e profissionais da música para Penedo.

“Essa é realmente a ideia da educação musical que nós fomentamos em nosso grupo de pesquisa e espero contar com o apoio para voltarmos a Penedo, no próximo ano, com mais concertos, apresentações e debates”, conclui Moreira, agradecendo aos apoiadores do evento, especialmente o Prefeito Március Beltrão e a Secretária de Cultura Alyne Costa.

Além da gestão Terra do Desenvolvimento e da Cultura, a JPMB é resultado da parceria entre o Grupo de Pesquisa Metodológica e Concepção Musical do Ensino Coletivo Instrumenta, vinculado ao curso de Música da Universidade Federal de Alagoas; o Consulado Honorário de Portugal em Maceió; o Espaço de Compreensão e Invenção Musical; o Governo de Alagoas; universidades federais de diversos estados do Brasil e instituições de ensino superior portuguesas, entre elas a Universidade de Évora e a Universidade Nova de Lisboa.

Por Fernando Vinícius/jornalista – Decom PMP

Fotos Roberto Miranda/jornalista PMP

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar