AlagoasDestaque

Cunha diz que irá recusar auxílio de R$ 33,7 mil e lança enquete sobre qual destino dar ao dinheiro

Recém eleito para o Senado Federal, Rodrigo Cunha declarou através de suas redes sociais que não irá aceitar o auxílio-mudança pago a deputados e senadores que iniciam mandato no legislativo, em Brasília. No entanto, o parlamentar lançou uma enquete sobre qual destino dar ao dinheiro.

O auxílio foi determinado por meio de decreto legislativo e tem valor correspondente a R$ 33.763, para cada parlamentar.

Em seu post, Cunha diz que a recusa o mantém coerente com sua linha de combate a privilégios e lançou as seguintes opções: deixar o dinheiro no Senado ou destinar a uma entidade alagoana?!

Na última quinta-feira (24), o juiz federal, Alexandre Henry Alves, da Subseção Judiciária de Ituiutaba (MG), determinou que tanto a Câmara dos Deputados, quanto o Senado, se abstenham de promover ou autorizar o pagamento de auxílio-mudança para os parlamentares reeleitos, sob a pena de uma multa de R$ 2 mil por pagamento efetuado.

A Câmara dos Deputados já recorreu ao TRF1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) contra a decisão. O Senado informou que não realizou qualquer pagamento a título de ajuda de custo de início e final de mandato dos parlamentares.

 

cadaminuto

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar