AlagoasDestaque

Em entrevista à TV Pajuçara, prefeito eleito JHC fala de transição, pandemia e concurso; assista

Um dia após ser eleito prefeito de Maceió com 58,64% dos votos, o deputado federal João Henrique Caldas, o JHC, concedeu entrevista ao programa Fique Alerta, da TV Pajuçara, e falou sobre enfrentamento à pandemia, concurso público e obras na cidade. Ele informou que já está recebendo currículos de profissionais que desejam participar da fase de transição que antecede a sua posse.

“A gente já disponibilizou o email institucional. As pessoas já estão participando, colocando os seus currículos e nomes à disposição. A mudança já começa a partir de agora na própria transição. Estamos fazendo o anúncio de alguns nomes. Até amanhã a gente conta pelo menos com os principais nomes que estarão à frente dessas decisões”, disse o prefeito eleito, ao confirmar o nome do deputado Davi Maia na coordenação da equipe de transição.

Outro nome confirmado é na equipe de transição e o do professor da Ufal, Elder Maia. “O professor Elder, que hoje é um dos maiores líderes de nomes da economia criativa foi quem me ajudou a levantar todos os números e dados sobre Maceió. Para que a gente pudesse fazer um bom debate, trazer as melhores propostas para Maceió”, afirmou.

“Gosto de gente que seja focado na solução, não pode ser burocrata, gente de gabinete, tem que ser gente para estar perto do povo, que o povo chegue perto, que reclame, que dê trabalho, que seja bom de serviço. É esse perfil que queremos trazer para a Prefeitura de Maceió, começando pelo prefeito”, disse JHC, ao traçar o perfil do tipo de profissional com quem pretende trabalhar na Prefeitura de Maceió.

Sobre a pandemia no novo coronavírus, JHC afirmou que foi o parlamentar que mais enviou recursos para Maceió e que a capital está mais equipada para enfrentar a Covid-19 do que nos primeiros meses de pandemia. “Temos contato direto com o Ministério da Saúde e estamos preparados caso tenhamos que enfrentar. Mas a gente também não pode amedrontar as pessoas e a gente sabe que Maceió ainda mais nesse período… Confio muito nos empreendedores da capital, a gente sabe que o turismo é a nossa grande indústria geradora de emprego e renda. Os pequenos negócios também. Vejo todos eles muito equipados, seguindo os protocolos e exigências sanitárias”, disse JHC.

O novo prefeito de Maceió também citou as pessoas que perderam empregos durante a pandemia e que a Prefeitura tem que “estender as mãos” para elas. Assim como para os comerciantes dos bairros Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto, que ficaram no prejuízo após os problemas de instabilidade do solo provocados pela mineração.

JHC disse também que vai priorizar os concursos públicos durante a sua gestão. “Por que a gente quer priorizar o concurso público? Porque amanhã o JHC não está, mas aquele servidor que conhece a gestão do município, que chegou lá por mérito próprio, ele vai fazer o seu trabalho de acordo com o planejamento que é feito de uma política de estado. Ele vai estar lá, independentemente se eu vou estar ou não, o que a gente planejou, ele vai dar continuidade. Concurso público é a forma correta de se entrar na administração pública. A gente precisa, onde tem déficit, fazer concurso público. A saúde precisa, a nossa educação teve o último concurso público, ainda tem 600 a 700 pessoas que estão para ser avaliadas, educadores que vamos olhar. A gente se comprometeu e está avaliando esse último concurso que teve da educação. A gente precisa de engenheiros. Maceió não tem engenheiros”, afirmou o prefeito eleito.

tnh1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar