Em discurso duro dirigente do Bom Samaritano cobra das autoridades mais responsabilidade no cumprimento do dever

Numa noite de quarta-feira dedicada a várias homenagens a algumas personalidades e instituições públicas que tem relevantes serviços prestados a comunidade penedense  dentro do contexto humanitário e social evento esse promovido pelos os que fazem o Projeto ” “A diferença é você que faz”, um dos homenageados da noite Edmilson da hora representando a ONG Dom Valério Breda( leia-se  Bom Samaritano ),num discurso duro e inflamado cobrou tanto da Câmara de Vereadores  quanto da Gestão Marcius Beltrão mais atitude com relação ao cumprimento do seu papel social com aqueles que verdadeiramente necessitam, e sobretudo, com os que promovem o bem estar da população.

De acordo com o discurso direto e com o tom de desabafo de Edmilson da Hora que pegou todos de surpresa, o mesmo direcionou críticas contundentes a esses dois setores públicos que em momento algum segundo ele tem demonstrado qualquer desejo, ou vontade política em ajudar ao próximo ou seja às instituições que trabalham pelo social na cidade de Penedo.” Sinceramente, desculpem eu dizer , não me interpretem  mal, mas eu não me sinto bem nesse local, não me sinto bem porque parece que essa casa não tem se esforçado nem procurado fazer o seu papel que é cobrar da gestão pública  que ajude a quem quer contribuir com o município  para melhoria da qualidade de vida do seu povo. O que está  faltando pelo que estamos vendo, é simplesmente atitude! A prática da boa política, exige atitude e gestos humanitários por parte de quem deve representar a população  de forma legítima e mais direta.”A fome e a doença não esperam.”

Ainda em sua fala, Edmilson  da Hora citou o ex. Prefeito e Deputado Alexandre Toledo como uma grande parceiro daquela casa de recuperação de dependentes químicos tanto como político, quanto como empresário.” O senhor Dr. Alexandre, foi quem nos abriu as portas como empresário quando estávamos começando nessa luta nos repassando aquele terreno onde hoje funciona o Bom Samaritano. Nosso muito obrigado, pelo seu coração generoso e por se preocupar com os pobres e mais necessitados desta cidade, enfatizou Edmilson.”

 

Geraldo José

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com