DestaquePenedo

Eleita nova diretoria do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDR) de Igreja Nova se reuniu, no último dia 6 de junho, na Câmara de Vereadores, com produtores e representantes de associações para eleger a nova diretoria e tratar de pautas de interesse da categoria, como Plano Safra, retomada das atividades do Banco do Brasil no município e novos cursos de capacitação ofertados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR).
Vinte e cinco pessoas compareceram a reunião, que elegeu para presidente do CMDRS José Laurindo, da Secretaria de Agricultura; para vice, Antônio Messias, do povoado Cajueiro; e para secretário, Sérgio, do Olho D’água do Taboado. O conselho tem ainda cadeiras reservadas para representantes das Secretarias de Assistência Social e de Educação; do Banco do Nordeste e do Banco do Brasil; da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), do Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável (Emater), da Companhia de Desenvolvimento dos Vales São Francisco e Parnaíba (Codevasf); das cadeias produtivas do leite, da agricultura familiar, da piscicultura, do mel, da agricultura irrigada; dos quilombolas, das mulheres, do sindicato rural, da colônia de pescadores e das cooperativas.
O gerente do Banco do Brasil de Igreja Nova, José Magno, aproveitou a oportunidade para avisar que o Plano Safra, este ano, será lançado com atraso, devido a demora da aprovação dos recursos, e fez um apelo aos produtores que estão com a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) vencida para que renovem o documento e apresentem ao banco. “Quando a DAP vence, o produtor sai da condição de pronafiano, e fica em situação irregular no sistema do banco”, explicou. O Banco do Brasil iniciou suas atividades, com numerário da praça, desde o dia 3 de junho e Magno enfatizou que a implantação do Conselho Municipal de Segurança foi fator decisivo para a retomada das atividades no município.
O secretário de Agricultura, Aureliano Almeida Dias Neto, falou da importância da parceria com o Conselho para o andamento das atividades, sendo uma ponte entre os produtores e a Prefeitura. Por meio do SENAR serão ofertadas três novas capacitações no segundo semestre, nas comunidades: Defensivos Agrícolas, Mecanização Agrícola e Bovinocultura do Leite Sanidade. Também está sendo estudada a possibilidade de trazer um curso sobre melhoria no desempenho de vendas, para os integrantes da feira da agricultura familiar.

SECOM

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar