Brasil/MundoDestaque

Coronavírus: Bahia eleva nível de alerta para investigar casos suspeitos

A Bahia elevou o nível de alerta das equipes de vigilância epidemiológica e sanitária para identificar casos suspeitos de um novo tipo de coronavírus detectado recentemente na China e que, até ontem, já havia afetado mais de 470 pessoas em pelo menos sete países, com 17 mortes. Por orientação do Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) determinou a revisão dos fluxos de investigação sobre eventuais casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) associada a coronavírus e o encaminhamento das ocorrências suspeitas ao hospital estadual de referência para doença infectocontagiosas, o Instituto Couto Maia, onde será feito rastreamento de contato com pessoas supostamente infectadas pelo vírus.

Sem pressão
No alerta enviado às equipes de vigilância, a Sesab recomendou cautela para evitar “medidas restritivas e desproporcionais em relação aos riscos para a saúde e trânsito de pessoas, bens e mercadorias”, já que não foi registrado nenhum caso suspeito na Bahia.

Bloco de trio
Os três principais candidatos de oposição na disputa pela chefia do Ministério Público do Estado (MP) decidiram unificar as estratégias de campanha para reduzir as chances do bloco ligado à procuradora-geral de Justiça, Ediene Lousado. A ideia dos promotores Pedro Maia, que ficou em primeiro lugar nas duas últimas eleições, Norma Cavalcanti e Alexandre Cruz é garantir votos suficientes para todos eles entrarem na lista tríplice que será submetida à escolha do governador Rui Costa, sob argumento de que é preciso assegurar alternância de poder no MP baiano e evitar mais dois anos de domínio do órgão pela atual gestão.

TNH1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar