Candidatos ao governo de Alagoas fazem debate morno na TV Gazeta

Quatro dos cinco candidatos ao governo de Alagoas ficaram frente a frente, na noite desta terça-feira (02), no debate promovido pela TV Gazeta, afiliada da TV Globo no estado. Basile Christopoulos (Psol), Josan Leite (PSL), Pinto de Luna (Pros) e Renan Filho (MDB) tiveram mais um momento – desta vez decisivo, levando em consideração a proximidade das eleições – para o confronto de ideias e propostas visando a futura gestão. O debate foi marcado por poucas propostas apresentadas e algumas trocas de farpas entre os oponentes.

O confronto foi dividido em cinco blocos e foi mediado pelo jornalista Roberto Kovalick, da TV Globo. Em dois deles, os candidatos foram inquiridos entre si sobre temas sorteados no estúdio; em outros dois, puderam fazer perguntas entre si com temas livres; e, no último, foi reservado um tempo para que cada um pudesse dar as considerações finais.

COMO FOI O DEBATE:

No primeiro bloco, os candidatos tiveram a oportunidade de questionar os seus opositores com temática de livre escolha. Renan Filho respondeu sobre tributação. Citou que Alagoas avançou em solidez fiscal e garantiu que o estado não tem carga tributária superior a nenhuma outra unidade da Federação. Ressaltou, também, que adotou uma política de incentivo cuja ação retirou a tributos para carne, leite e etanol. Basile retrucou que o Executivo aumentou as taxas que incidem sobre gasolina, refletindo diretamente no preço do combustível ao consumidor.

Josan Leite criticou a estrutura dos Cisps [Centro Integrado de Segurança Pública] e a perpetuação do poder de algumas famílias em Alagoas. Ainda com o tema segurança, Pinto de Luna falou sobre a situação do sistema penitenciário, que, na opinião dele, padece, com agentes atuando de maneira precária, sem concurso público. Para reforçar, citou a fuga no presídio de segurança, que está sendo alvo de investigação, também, pelo Conselho de Segurança.

A dívida pública também foi alvo de questionamento. O candidato do Psol destacou que o governo Michel Temer aprovou uma PEC [Proposta de Emenda Constitucional], que congela os gastos públicos por 20 anos. Segundo ele, o estado vai ter que refinanciar a dívida para se adequar a esta nova regra. Ele prometeu discutir com o povo, por meio de plebiscitos, este assunto. Renan Filho, por outro lado, defendeu que o endividamento alagoano caiu em sua gestão.

Quanto à saúde, Pinto de Luna prometeu lutar por melhor estrutura nos hospitais do estado e evitar apadrinhamentos neste segmento. Josan Leite diz que pretende implantar o programa “Governo na Mão do Cidadão”, que por meio de aplicativo em celular será possível marcar consultas médicas.

SEGUNDO BLOCO

No segundo bloco, as perguntas seguiram temas pré-determinados. O primeiro tema foi “Segurança Pública”. O candidato Renan Filho foi questionado sobre os números da violência e destacou as ações realizadas durante o governo, como a convocação da Reserva Técnica da Polícia Militar (PM), a realização de concurso público para a polícia, a construção dos Centros Integrados de Segurança (Cisps) e a implantação da Força Tarefa. Pinto de Luna retrucou que, apesar dos resultados apresentados pelo candidato, as pessoas continuam morrendo e é preciso aumentar o investimento no setor.

O segundo tema sorteado pelo mediador foi “Turismo”. Josan Leite foi questionado e pontuou os destaques turísticos que o estado tem, como a cultura, mas criticou a falta de infraestrutura. Para ele, é preciso investir para receber os turistas. Basile Christopoulos replicou apontando que o turismo sofre com grandes problemas e que o investimento no setor está concentrado nos grandes resort, na capital e no litoral. Mas, para ele, é preciso investir no interior do estado, lembrar de pontos como o Mercado da Produção e melhorar a segurança pública.

Durante o intervalo, candidatos conversam com assessores que os acompanham

FOTO: ANA CLARA MENDES

O terceiro tema debatido foi “Educação”. Josan Leite dirigiu a pergunta ao candidato Basile Christopoulos sobre a ideologia de gênero. Ao responder, o candidato do Psol criticou a quantidade de professores nas salas de aula. De acordo com ele, há apenas dois professores concursados e é preciso investir em mais de 10% na educação, com a realização de concurso para professores, o aumento das bibliotecas e de serviços culturais nas áreas próximas as escolas.

O quarto tema foi “Moradia/Habitação”. Pinto de Luna foi questionado sobre a suspensão dos programas sociais, como o “Minha casa, minha vida”. O candidato respondeu que é preciso reativar os programas, mas criticou o tipo de moradia que é construída. Para ele, é preciso ouvir os mais atingidos com a mudança e construir casas adequadas para a realidade do morador.

TERCEIRO BLOCO

Os candidatos voltaram a fazer perguntas de livre escolha no terceiro bloco. Entre os temas abordados estavam a educação, e a saúde, com críticas ao uso dos recursos do Fecoep para construção de hospitais ao invés de serem destinados à erradicação da pobreza. Basile disse acreditar que Renan Filho, caso eleito, não fará concurso público para preenchimento das vagas nos hospitais que estão sendo construídos, mas entregá-los à gestão de organizações sociais. O atual governador disse que buscará o equilíbrio para as referidas administrações.

QUARTO BLOCO

Com temas determinados, os candidatos debateram sobre terceirização, saneamento, corrupção e geração de emprego. Basile Christopoulos defendeu que o modelo público é mais barato e mais eficiente ao ser questionado sobre ‘Terceirização’.

No tema ‘Saneamento, Renan Filho destacou que esgotamento sanitário é uma agenda nacional prioritária e que o governo utiliza recursos do Tesouro Nacional para fazer as obras necessárias. Questionado sobre ‘Corrupção’, Renan afirmou que o Estado é o mais transparente, com a conquista da escala do Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União.

No tema “Geração de Emprego”, Basile criticou que Alagoas vive o desemprego, com um a cada três jovens desempregado.

No último bloco, os candidatos fizeram as considerações finais.

GazetaWeb

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com