AlagoasDestaque

Auxílio emergencial supera perda de rendimentos causada pela pandemia em Alagoas

Os recursos do auxílio emergencial superaram as perdas da massa de rendimentos causada pela pandemia em Alagoas, no primeiro semestre deste ano. É o que revela um estudo divulgado nesta terça-feira (27). Realizado pelos economistas Ecio Costa, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e Marcelo Freire, da Universidade Federal Rural de PE, o levantamento mostra que, além de Alagoas, outros 21 estados do País foram ‘salvos’ pelo benefício do governo federal.

Em apenas cinco unidades da Federação – São Paulo, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul -, os recursos do benefício não compensaram as perdas de rendimentos. Os cinco locais em que o benefício não repôs as perdas na renda têm um menor número percentual de pessoas cadastradas em programas sociais, segundo Ecio Costa. “Ocorre o contrário no Norte e Nordeste, onde o cadastro inclui um número maior de beneficiários de programas sociais”, afirmou, em entrevista à Folha de S. Paulo.

Segundo o levantamento, em valores agregados, o Brasil teve uma perda acumulada de R$ 66,8 bilhões na massa de rendimentos – soma dos salários de todos os trabalhos das pessoas em determinado período, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (BGE) no primeiro semestre de 2020, em comparação com igual período de 2019.

Fonte: Gazetaweb

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar