DestaquePenedo

“A comunidade precisa entender a gravidade da situação”, alerta Secretário Marcos Beltrão

O aumento de casos confirmados de Covid-19 em Penedo comprova o relaxamento de parte da população sobre as medidas de prevenção, descuido cujo resultado aparece nos boletins epidemiológicos.

Até terça-feira, 30, Penedo registrava 310 casos confirmados da doença responsável por mais de mil mortes em Alagoas. No intervalo de 24 horas, mais cem pessoas contaminadas foram incluídas no boletim da SEMS Penedo que informa mais 122 casos nesta quinta-feira, 02 de julho.

Assim, do último dia do mês de junho até hoje, Penedo passou de 310 casos confirmados de Covid-19 para 432.

O aumento impressionante é consequência do descumprimento das medidas necessárias para reduzir a disseminação do coronavírus: uso de máscara facial, higienização correta das mãos e dos alimentos, isolamento e distanciamento social.

“A comunidade precisa entender a gravidade da situação. É nítido que houve um relaxamento que fez aumentar os casos”, disse o Secretário Marcos Beltrão durante entrevista nesta quinta-feira, 02, ao programa A Voz do Povo (Rádio Grande Rio FM).

Unidade de Síndromes Gripais

O gestor da SEMS Penedo explicou ainda que o ‘salto’ também se deve ao trabalho realizado na Unidade de Referências em Síndromes Gripais. O local aberto na sexta-feira passada concentra o atendimento de pessoas com sintomas que podem ser de Covid.

Somente na última terça-feira, cerca de 160 pessoas receberam assistência na unidade onde, a depender da avaliação clínica, também é disponibilizado teste rápido, coleta de material para exame e acompanhamento.

A ampliação do serviço também permite o registro imediato de casos confirmados de contágio por coronavírus, evolução da assistência realizada pela Prefeitura de Penedo, por meio da SEMS. “Não estamos aqui para esconder, mas para divulgar o que realmente está acontecendo”. frisou Marcos Beltrão ao radialista Antônio Silva.

Para o gestor da SEMS Penedo, “o que mais importa e precisa ser feito é as pessoas tomaram os cuidados necessários. Se não for assim, não adianta criar locais de atendimento, abrir leitos, disponibilizar testes. Tem muita gente brincando e achando que a Covid-19 é coisa boba”.

Por Fernando Vinícius – Jornalista Decom PMP

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar