Escola reaberta em Coqueiro Seco será de tempo integral, anuncia governador

Unidade é a única de ensino médio da rede pública naquele município; ao lado do secretário Marcius Beltrão, Paulo Dantas também entrega a 31ª creche Cria do estadoBruno Soriano

O Governo de Alagoas inaugurou, nesse sábado (29), as obras de reforma da Escola Estadual Cônego Amando Gusmão, localizada no município de Coqueiro Seco, região metropolitana de Maceió. Orçada em R$ 1,3 milhão, a reforma vai beneficiar 335 alunos da rede estadual, conferindo melhores condições de trabalho aos profissionais daquela unidade de ensino.

 

Destinada a estudantes do ensino médio e da modalidade Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJAI), a escola dispõe de espaços de convívio, cinco salas de aula, laboratório de informática, refeitório, sala dos professores com banheiro, biblioteca, sala da coordenação, secretaria, diretoria, cozinha, depósito para merenda e banheiros.

 

Entre os serviços realizados estão uma nova calçada com piso tátil, rampa para acessibilidade e a aplicação de revestimento cerâmico nas paredes. A reforma – que proporcionou a geração de 30 empregos diretos e indiretos – também contemplou revisões elétrica e hidráulica, drenagem para as águas pluviais e a instalação de aparelhos de ar-condicionado, entre outras intervenções.

 

Diretora da escola, Nádia Clemente destacou o alcance das melhorias promovidas na escola que passou três anos sem funcionar.

 

“É um momento de festa e muita alegria para toda a comunidade escolar. Só temos a agradecer ao Governo do Estado por essa obra tão importante”, afirmou a educadora, que, durante a cerimônia de abertura, viu a estudante Jacielly Souza, presidente do Grêmio Juventude Ativa, emocionar a todos ao declamar um cordel enaltecendo cultura e tradição de Coqueiro Seco, com destaque para a festa de Nossa Senhora Mãe dos Homens, padroeira da cidade, e a quase centenária banda filarmônica Professor Francisco Pedrosa.

 

Na ocasião, o governador Paulo Dantas parabenizou a todos pela dedicação em meio a desafios como a pandemia da Covid-19, anunciando também uma novidade que entusiasmou os estudantes.

 

“A reforma trouxe mais comodidade para todos. Agora, faremos desta unidade uma escola em tempo integral, melhorando a qualidade do ensino e atendendo a um anseio dos alunos que, em breve, também já poderão contar com a Bolsa Permanência no valor de cento e cinquenta reais. O projeto de lei, para reajuste do valor, está na Assembleia Legislativa, com os deputados já trabalhando para aprovar a nossa proposta”, afirmou o governador, recordando, ainda, o recente lançamento de outros programas do Escola 10 para 2023, como o Professor Mentor e o Vem que dá tempo – que concede incentivo financeiro àqueles que precisaram interromper os estudos, mas, agora, desejam retornar à sala de aula.

Também presente, o secretário de Estado da Educação reforçou a importância da escola em tempo integral.

 

“Essa reforma sinaliza o compromisso do governador Paulo Dantas, demonstrando mais uma vez que a educação é basilar para que alcancemos uma sociedade cada vez mais justa. E manter o aluno por mais tempo na escola indica que ele vai deixar o ensino médio competindo em igualdade de condições com o estudante da rede privada, com vistas ao Enem. Não à toa, nossa meta é ter ao menos setenta por cento do total de escolas da rede funcionando em tempo integral até o ano de 2026. Vamos, portanto, universalizar a integralização do ensino em Alagoas”, atestou Marcius Beltrão.

Creche Cria

Ainda nesse sábado, Coqueiro Seco também foi presenteada com uma creche Cria, cuja estrutura garante o desenvolvimento da primeira infância, bem como a alfabetização na idade certa. Totalmente equipada com o que há de melhor, a creche orçada em R$ 4,4 milhões é a 31ª já entregue pelo Governo de Alagoas, cuja meta é inaugurar 80 até o final deste ano. Serão 200 ao todo, proporcionando 40 mil vagas para crianças de 0 a 6 anos em situação de vulnerabilidade social.

 

“É realmente a realização de um sonho, um momento ímpar para qualquer professor. Já iniciamos a pré-matrícula das crianças que iremos receber, bem como a capacitação dos profissionais que vão atuar na nossa creche, que tem muitos recursos, o que exige, portanto, qualificação para que possamos prestar um serviço de excelência, como bem preconiza o programa Criança Alagoana”, comentou a diretora da unidade, Emylle Mariana.

 

E não falta mamãe ansiosa por vaga na creche. Simone da Silva já correu para garantir a sua, ou melhor, a da pequena Jamilly Eloá, de apenas dois anos. “Moro aqui pertinho. Vou poder deixar a minha filha na creche o dia inteiro, e sem me preocupar com o que ela anda aprendendo na escola porque sei que tudo aqui é maravilhoso, da merenda ao professor”, declarou a dona de casa.

 

 

Para o secretário Marcius Beltrão, a creche é mais um importante e inovador equipamento do programa executado em parceria com os municípios. “Trata-se de mais uma política pública do governo Paulo Dantas fundamental para que as nossas crianças comecem a aprender cedo”, emendou Beltrão, tendo sido complementado pela prefeita da cidade, Decele Dâmaso. “Tínhamos uma creche que funcionava de forma precária. Sofremos demais com a pandemia, além do que as fortes chuvas também trouxeram grande prejuízo. Por isso é que essa creche chega numa excelente hora. Portanto, o nosso sentimento não poderia ser outro que não o de gratidão”, salientou a gestora.

DP/ Agência Alagoa P/ Bruno Soriano

 

Sair da versão mobile