Vazão de 4.000 m³/s que elevou nível do São Francisco será mantida até 28 de fevereiro

Durante reunião de acompanhamento da operação dos reservatórios do São Francisco, coordenada pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) comunicou que as defluências médias diárias de Sobradinho e Xingó devem se manter no patamar de 4 mil m³/s até próximo dia 28 de fevereiro. A reunião aconteceu na terça-feira (8), mas só foi divulgada nesta quinta (10).

A vazão de 4.000 m³/s, pelas regras estabelecidas, é a metade do valor da descarga de restrição máxima. “Até o momento, não há previsão de aumento de vazão do São Francisco. Pelo contrário, a expectativa é de gradativa redução”, afirmou o Diretor de Operação da Chesf, João Henrique Franklin.

A Companhia ressalta que, com o objetivo de mitigar possíveis impactos da elevação de vazões, é imprescindível que seja evitada a ocupação de áreas situadas nas planícies de inundação.

A situação hidrológica está sendo permanentemente avaliada, podendo haver alterações nestes valores, em função da evolução das chuvas e vazões na Bacia do Velho Chico.

*com informações da assessoria.

gazetaweb

.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo