Esporte

Grêmio vira contra o Inter e sai na frente na final do Gauchão

Como deve ser uma decisão de campeonato envolvendo o GreNal, não faltaram elementos de emoção no primeiro jogo da decisão do Campeonato Gaúcho nesse domingo (16) no Beira-Rio. E quem se deu melhor foi o tricolor onde, de virada, bateu o colorado por 2 a 1 e joga pela igualdade na Arena, no próximo domingo (23), para se sagrar tetracampeão estadual.

GRENAL SENDO GRENAL

Honrando o teor de rivalidade habitual existente no confronto, logo nos primeiros minutos de partida a tensão esteve palpável não apenas nas divididas mais ríspidas como no lance onde Thiago Galhardo estava impedido, mas Nonato assumiu a posse e ficou cara a cara com Brenno. O arqueiro gremista chegou a acertar o adversário, mas a arbitragem revisou o lance e marcou a posição irregular de Galhardo entendendo que ele participou.

No aspecto técnico, o Inter era a equipe que conseguia impor seu estilo de jogo baseado na mobilidade ofensiva, marcação alta e buscando o jogo na troca de passes rápidos. O Grêmio bem que tentava se manter dentro da sua característica, mas tinha dificuldade de sair das linhas mais próximas do Inter além de não estar compacto o suficiente para dificultar mais intensamente os passes do adversário.

TRADUZIU A SUPERIORIDADE

Mais consistente na partida apesar da ausência de finalizações agudas contra a meta de Brenno, o Colorado chegou ao primeiro gol mudando a estratégia de atuar por baixo e, em um lindo lançamento de Cuesta, Edenilson recebeu na boa para tocar sobre o goleiro adversário. Um pouco antes da bola entrar, Thiago Galhardo ainda chegou tocando pra confirmar a abertura do marcador no Beira-Rio.

MELHORA GREMISTA

O tento sofrido serviu de maneira benéfica para a equipe de Tiago Nunes no sentido de provocar uma reação no jogo onde pouco havia feito para mudar o cenário. Na reta final da primeira etapa, a ligeira melhora na questão principalmente da troca de passes permitiu com que Marcelo Lomba tivesse algum trabalho, principalmente, no chute de Matheus Henrique cara a cara onde o meio-campista parou na boa saída de gol do arqueiro adversário.

RECOMPENSADO

Na volta do intervalo, o ímpeto dos comandados de Tiago Nunes permanecia mais “aceso” e com movimentação bastante fluida com a exploração, especialmente. da velocidade de Ferreira no lado esquerdo do ataque. Foi usando essa parte do campo que um cruzamento quase encobriu Lomba e que teve o corte providencial de Moisés além de lance onde Diogo Barbosa bateu com muita força e fez a bola passar na frente da pequena área do Inter.

De tamanha insistência, Lucas Silva bateu falta justamente vinda da banda canhota e Diego Souza, subindo mais alto do que todos os seus marcadores, testou firme no extremo canto esquerdo de Marcelo Lomba para alcançar a igualdade como visitante.

FINAL EMOCIONANTE

Por alguns momentos o tricolor tentou seguir sendo, na base da imposição técnica, a equipe que comandava o ritmo da partida, mas logo viu o Inter retomar o controle da posse de bola como foi em boa parte da primeira etapa, mesmo que com menos eficiência de finalizações. Enquanto o Colorado foi bastante insinuante no chute cruzado de Caio Vidal defendido por Brenno, o Grêmio tentava usar os lançamentos nos espaços deixados pelos anfitriões.

Com o confronto se encaminhando para o seu final, de novo usar a bola pelo alto se mostrou bastante eficiente por parte do tricolor. Ricardinho recebeu excelente cruzamento de Léo Pereira que veio do lado direito do ataque e cabeceou no canto oposto de Marcelo Lomba para decretar o resultado no Beira-Rio.

7segundos

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com