Procon Arapiraca lança campanha De Olho na Black Friday e orienta consumidores

Para evitar que consumidores sejam enganados durante a Black Friday, o Procon Arapiraca, órgão vinculado à Controladoria Geral do Município de Arapiraca, realizará um plantão de atendimento especial para os consumidores. A promoção, que ocorre uma vez ao ano em uma sexta-feira, está marcada para o próximo dia 23 de novembro.

O órgão estará com atendimento especial para os consumidores. Além do contato telefônico 3522-1010, que funciona no horário das 08:00 às 14:00, os internautas poderão utilizar a hashtag “#PrefeituradeArapiracadeolhonaBlackFriday” para denunciar problemas como maquiagem de desconto – situação em que o fornecedor eleva o preço do produto antes de anunciar a promoção.

“Nossa equipe estará monitorando em tempo real qualquer infringência as relações de consumo e garantindo o direito do consumidor. Quem planeja aproveitar as ofertas da Black Friday também deve estar atento aos direitos dos consumidores na hora da compra”, frisou Denys Reis, coordenador municipal do Procon Arapiraca.

Confira AQUI alguns sites não confiáveis para compras.

Dicas e direitos

Procure no site a identificação da loja (razão social, CNPJ, endereço e canais de contato). Caso ocorra algum problema, localizar a empresa será fundamental para a devida solução. Se o fornecedor não possuir essas informações, é recomendável escolher outro.

Pesquise pela Internet se os dados informados são reais e cuidado com ofertas recebidas por e-mail. Evite sites que exibem como forma de contato apenas um telefone celular ou e-mail gratuito. Não fazer transações online em computadores desconhecidos (Lan Houses, Cyber cafés, máquinas ou redes públicas), pois eles podem não estar adequadamente protegidos. Imprima e/ou salve todos os documentos (telas) que demonstrem a compra e confirmação do pedido (comprovante de pagamento, contrato, anúncios etc).

Analise a real necessidade de compras e defina o orçamento máximo que pretende gastar. Lembre-se de não comprometer mais de 30% dos seus rendimentos com dívidas, prestações, financiamentos e/ou parcelamentos.

Verifique os preços antecipadamente. Isso pode ser feito por meio dos sites das empresas que participarão da Black Friday e de outros fornecedores, inclusive na data da liquidação. Evite o risco de cair na armadilha de falsas promoções que não são tão vantajosas como o anunciado. Não esqueça de observar atentamente a descrição do produto, compare-o com outras marcas e certifique-se de que ele suprirá suas necessidades.

Cuidado com o preço do frete. No ano passado algumas lojas elevaram muito as taxas cobradas para a entrega, fazendo com que o desconto oferecido no produto acabasse não valendo a pena para o consumidor. Por isso, verifique o seu preço antes de finalizar a compra e se achar que ele é abusivo, denuncie.

Colocar o produto no carrinho nem sempre é garantia de aquisição e o fato de ser uma liquidação não elimina os direitos do consumidor. Veja alguns deles:

– Se a empresa prometeu desconto em determinados produtos, a oferta deve ser cumprida conforme veiculada;

– O Código de Defesa do Consumidor estabelece o prazo de 30 dias para reclamações sobre problemas aparentes ou de fácil constatação no caso de produtos não duráveis e de 90 dias para itens duráveis, contados a partir de sua verificação. Essa reclamação pode ser feita para o próprio comerciante ou para o fabricante, à escolha do consumidor;

– Produtos importados adquiridos no Brasil em estabelecimentos devidamente legalizados seguem as mesmas regras dos nacionais;

– No ato da entrega, só assine o documento de recebimento após examinar o estado da mercadoria. Havendo irregularidades, estas devem ser relacionadas, justificando assim o não recebimento;

– Nas compras feitas fora do estabelecimento comercial (por telefone, em domicílio, telemarketing, catálogos ou internet), há o prazo de sete dias para desistir da compra, sem apontar qualquer motivo, contado a partir da aquisição do produto ou de seu recebimento;

– Não se esqueça também de consultar nossa lista dos site que devem ser evitados.Que são lojas virtuais devem ser evitadas, pois tiveram reclamações de consumidores registrada no cadastro nacional de informações do consumidor.

Arapiraca.al.gov

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com