Candidatura de Collor ao governo fortalece e une a oposição em Arapiraca

A candidatura do senador Fernando Collor (PTC) ao governo, enfrentando o governador Renan Filho (MDB) fortaleceu e uniu a oposição em Arapiraca, segundo colégio eleitoral do Estado e cidade mais importante do interior do Estado. O eleitorado de Arapiraca que vai decidir a eleição este ano, é de 141.112 eleitores 4% a mais em relação a eleição de 2016.

Um dos motivos para o fortalecimento da oposição, foi a persistência do governador Renan Filho, em manter a chapa “puro sangue” mantendo como companheiro de chapa o vice-governador Luciano Barbosa (MDB) que não agregou lideranças políticas e empresariais ao grupo de Renan Filho. Existe uma insatisfação generalizada do empresariado local com o governo Renan Filho motivados pela carga tributária do governo.

Até mesmo a categoria dos motoristas dos transportes alternativos estão insatisfeitos com o governo Renan Filho pela constante ação fiscalizadora e repressiva da Arsal no objetivo de cada vez mais arrecadar mais para os cofres do Estado nas rodovias que cortam o Agreste do Estado.

Dos três deputados estaduais que integram a bancada de Arapiraca na Casa de Tavares Bastos, apenas Ricardo Nezinho (MDB) está no grupo governista, enquanto Severino Pessoa (PRB) candidato a deputado federal e Tarcizo Freire (PP) candidato a reeleição, estão no grupo do senador Benedito de Lira e do senador Fernando Collor.

A oposição uniu o grupo do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) o deputado Severino Pessoa a vice-prefeita Fabiana Pessoa e a ex-prefeita Célia Rocha. Dos 17 vereadores que integram a Câmara Municipal de Arapiraca, apenas três estão no grupo governista, são eles; Moisés Machado (PDT) Rogério Nezinho (MDB) irmão do deputado estadual Ricardo Nezinho e Sergio do Sindicato (PPS).

A oposição conta com a adesão da ex-prefeita Célia Rocha candidata a deputada estadual que rompeu com Luciano Barbosa que o introduziu na vida pública, inicialmente como secretário municipal de Finanças no seu primeiro governo, chegando a galgar com o apoio da então prefeita, o cargo de ministro da Integração Nacional no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Atualmente estão em caminhos opostos na eleição 2018.

Cada minuto

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com