Delegado diz que inquérito sobre a morte de homossexual será concluído em brev

O delegado Rodrigo Sarmento informou que o inquérito sobre a investigação da morte do jovem Davi Trindade Sinfrônio, ocorrido no início do mês de junho, no Conjunto Cleto Marques Luz, na parte alta da capital, deve ser concluído em breve. De acordo com ele, o caso está bem encaminhado e medidas judiciais estão em andamento.

O delegado não deu maiores detalhes sobre a investigação. “Não posso falar muita coisa, mas em breve o inquérito deverá ser concluído”, falou. Questionado se já existiam suspeitos e se ele já havia pedido a prisão de alguém, ele mais uma vez se limitou a dizer que não poderia dar mais informações.

Davi era homossexual e foi assassinado em um terreno na parte alta da cidade. O jovem de 18 anos teve o rosto totalmente desfigurado.

Horas depois, um outro rapaz, também homossexual e amigo de Davi, foi morto. Alex de Souza, de 17 anos, foi assassinado com diversos tiros. A delegada Rosimeire Vieira é quem está à frente da investigação deste caso.

Ela havia dito há alguns dias à Gazetaweb que eles não foram mortos vítimas de homofobia. No entanto, os dois casos tinham relação entre si. Ela falou ainda que não acreditava que os assassinos eram os mesmos, o que poderia descartar a suspeita de queima de arquivo, já que informações iniciais davam conta de que Alex teria visto os assassinos de Davi.

A Gazetaweb tenta contato com a delegada Rosimeire Vieira para saber o andamento das investigações sobre a morte do jovem Alex de Souza, mas até o momento não conseguiu falar com ela.

gazetaweb.globo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com