Temer se deixa usar pelo lobby contra venda direta

A presença do presidente Michel Temer, em jantar na casa de Rubens Ometto, “rei das distribuidoras de combustíveis”, dias atrás, em São Paulo, tem sido criticada por parlamentares e produtores que lutam para libertar o etanol brasileiro das garras das empresas acusadas de atuar como atravessadores. Desde 2009, estranha resolução da Agência Nacional do Petróleo (ANP), atribuída ao forte lobby dos atravessadores, proíbe o produtor de vender o etanol aos postos. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Hoje, o etanol “passeia” até uma distribuidora, onde se troca a nota fiscal para o produto ir para o posto, no mínimo, pelo dobro do preço.

Além de desnecessário, o “passeio” encarece o etanol, desperdiça diesel, polui a atmosfera e ainda ajuda a congestionar o trânsito.

Michel Temer sancionou ontem a lei que autoriza a estatal (sim, ela existe) Pré-Sal Petróleo (PPSA) a vender petróleo, gás etc diretamente.

Diário do Poder

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com