Pretinho Boiadeiro e motorista têm liberdade concedida pela Justiça

No final da tarde desta quinta-feira, 03, José Anselmo Cavalcante Melo, conhecido como Pretinho Boiadeiro e seu motorista Dalbério José Menezes, presos ontem após perseguição policial, tiveram liberdade concedida pelo  juiz Jandir de Barros Carvalho.

 

Na decisão, ficam expressas também, medidas cautelares que a dupla terá que seguir, como não poder ausentar-se da Comarca enquanto durar o processo criminal; serem obrigados a comunicar a este qualquer mudança de endereço;  e se apresentar mensalmente à Justiça.

No documento o juiz diz que a manutenção da prisão cautelar de Baixinho e do motorista não se faz necessária, já que eles “são tecnicamente primários, possuem bons antecedentes, residência fixa e ocupação, havendo a presunção de que a liberdade não será um óbice à aplicação da lei penal”, conclui.

Baixinho Boiadeiro é filho do vereador por Batalha, assassinado em novembro do ano passado, Adelmo Rodrigues de Melo, de 61 anos, o “Neguinho Boiadeiro”, e irmão de José Márcio Cavalcante, o “Baixinho Boiadeiro”, que está foragido, suspeito da participação na morte do ex-vereador de Batalha, Tony Pretinho.

Após as prisões de Pretinho e do motorista a família Boiadeiro emitiu nota nesta manhã questionando o ocorrido.

A família defende uma versão diferente da apresentada pela polícia. Segundo eles, a Polícia chegou à fazenda localizada em Craíbas, em dois carros descaracterizados, de forma truculenta. Eles negam ainda ter havido troca de tiros.

cadaminuto

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com