Conselheira tutelar fala das atuais dificuldades para atuar na defesa de crianças e adolescentes em Penedo

A conselheira tutelar Luciene Caetano da Silva – mais conhecida como Neide do Conselho – falou na Câmara Municipal de Penedo nesta quinta-feira, 17 de maio, sobre as atuais dificuldades para atuar na defesa dos direitos da criança e do adolescente.

A representante do Conselho lamentou a ausência de delegacia de polícia especializada em Penedo e ainda de juiz titular e promotor de justiça titular para tratar dos casos encaminhados, alertando para a ocorrência de abusos, crimes e aliciamentos de menores de idade no município, tanto na cidade quanto na zona rural.

Neide do Conselho solicitou apoio institucional do Poder Legislativo em relação às deficiências apontadas sobre a Justiça e o Ministério Público Estadual. Ela também alertou que o 18 de Maio, dia nacional de combate à violência contra crianças e adolescentes, não é uma data para ser comemorada, mas um dia de luta.

A representante que foi convidada para falar na tribuna pelo presidente em exercício da sessão ordinária, vereador Ernande Pinheiro, pediu também apoio dos parlamentares para a obtenção de um novo telefone celular para o Conselho porque o aparelho quebrou e ainda não houve atendimento da substituição do celular, apesar do pedido encaminhado à prefeitura, conforme declarou na tribuna ao ser questionada pelo líder de governo, vereador Josué Marques da Silva (Bili Marques).

No decorrer da sessão, ao fazer uso da tribuna, Bili Marques declarou que manteve contato com o setor de protocolo da administração municipal e foi informado que não havia registro de ofício encaminhado pelo Conselho Tutelar solicitando um novo aparelho de telefone celular funcional para a entidade.

camarapenedo.al.gov

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com