Dois corpos são encontrados amarrados e submersos na Lagoa Mundaú

O Corpo de Bombeiros realizou o resgate, na tarde desta segunda-feira, 30, de dois corpos, que estavam com as mãos amarradas e submersos em uma das ilhas da Lagoa Mundaú.

Familiares do pescador, Felipe Vieira da Silva, de 20 anos, que está desaparecido desde a última sexta-feira, 27, quando saiu de casa para colocar uma rede de pesca na Lagoa Mundaú, estão no local e alegam que um dos corpos pertence ao rapaz.

A mãe de Felipe Vieira, que teve a identidade preservada, disse que o corpo encontrado possui uma tatuagem semelhante a de seu filho e uma das mãos é parecida com a de Felipe Vieira. Por conta destas características, ela tem convicção que o corpo pertence a seu filho.

“Ele era um menino doce, não tinha problema com ninguém. Ele saiu na sexta-feira para colocar uma rede de pesca e desapareceu. Ligaram para mim de um número confidencial dizendo que ele estava em um mangue amarrado e morto. Eu fiquei desesperada. Fui a procura dos bombeiros e eles conseguiram achar meu filho”, contou emocionada a mãe de Filipe Vieira.

O Tenente Emanuel Rodrigues, do 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), disse à imprensa que um dos corpos estava decapitado. Peritos do Instituto de Criminalística e funcionários do IML estão sendo aguardados no local.

 

alagoas24horas

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com