PRESIDENTE DO PERU RENUNCIA APÓS COMPRA DE VOTOS PARA EVITAR IMPEACHMENT

O presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, decidiu renunciar ao cargo e deixou o Palácio de Governo de Lima nesta quarta (21).

A renúncia ocorre após o escândalo de tentativa de compra de votos para evitar uma destituição, comprovado pela divulgação de vídeos e áudios com aliados de Kuczynski tentando comprar votos de opositores.

Kuczynski foi alvo de um processo de impeachment devido a negociatas envolvendo a Odebrecht quando era ministro da Economia do Peru. A denúncia de compra de votos envolve não apenas o presidente, mas ministros do governo foram acusados de propor ‘acordos’ à oposição para evitar a cassação.

diariodopoder.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com