Cármen Lúcia diz que já havia autorizado aumento do número de seguranças para escolta de Fachin

Em nota divulgada nesta terça-feira (27) pela assessoria do Supremo Tribunal Federal (STF), a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, afirmou que autorizou o aumento do número de seguranças para escolta permanente do ministro Edson Fachin.

Mais cedo, em entrevista ao jornalista Roberto D’Avila, Fachin disse que a família dele tem recebido ameaças. O ministro não especificou de quem ou de onde vêm as ameaças, nem as relacionou a nenhum fato concreto.

Na nota, Cármen Lúcia afirma que já havia adotado providências mesmo antes de a entrevista ter sido divulgada.

Além do aumento na escolta permanente de Fachin, a presidente do STF afirmou que também autorizou que os seguranças do ministro em Curitiba pudessem ser deslocados para acompanhar familiares por ele indicados.

Outra providência, segundo a ministra, também foram deslocadas para Curitiba duas delegadas da Polícia Federal “especializadas em segurança para todos os casos de magistrados ameaçados no país”.

Fachin diz que família dele vem sofrendo ameaças

Fachin diz que família dele vem sofrendo ameaças

Nota

Leia a nota divulgada pela presidente do Supremo Tribunal Federal:

Em relação às demandas do ministro Fachin relativas ao aumento de sua segurança pessoal e de sua família, antes de vir a público a notícia divulgada hoje, a Presidência do STF já tinha adotado as seguintes providências:

1) deslocou para Curitiba duas delegadas da Polícia Federal, especializadas em segurança para todos os casos de magistrados ameaçados no País, para verificação de quais as melhores e mais eficazes providências deveriam ser tomadas, o que foi realizado;

2) autorizou o aumento do número de agentes para escolta permanente do ministro Fachin por servidor do setor de segurança do Supremo, além dos que já o acompanhavam em seus deslocamentos

G1

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com