Renan Filho anuncia pagamento antecipado da segunda faixa salarial

Texto de Severino Carvalho

Os recursos referentes à segunda faixa salarial dos servidores públicos estaduais, ativos e inativos, serão creditados nesta sexta-feira (9) e os salários estarão disponíveis para saque a partir das 22h. O anúncio da antecipação foi feito pelo governador Renan Filho na tarde desta quinta-feira (8), em transmissão ao vivo (live), acompanhado da secretária especial do Tesouro Estadual, Renato Santos, e da deputada estadual Jó Pereira.

 

Os salários dos 35.450 servidores que integram a segunda faixa, entre ativos e inativos, correspondem a R$ 173.158.925,04, o equivalente a 49.93% do total da folha. A segunda faixa salarial inclui os funcionários que recebem vencimentos acima de R$ 2.340,00.

 

“Como o dia do pagamento dos salários dos servidores cairia no meio do Carnaval, nós vamos antecipar. Enquanto o Brasil está ajoelhado para a crise, estados ricos sequer pagam salários e fornecedores, aqui em Alagoas, a gente, na contramão da crise, está antecipando o salário para melhorar o Carnaval de todo mundo: o Carnaval do comércio, de quem vai viajar e o Carnaval do próprio servidor”, disse Renan Filho, durante a transmissão pelo Facebook e o Instagram.

A deputada estadual Jó Pereira afirmou que o servidor público estadual alagoano está sendo tratado com respeito. “Vejo isso [a antecipação salarial] com muita alegria. Eu queria parabenizar a equipe da Secretaria da Fazenda, em conjunto com a gestão do governador Renan Filho, por dar essa condição ao servidor público de brincar o Carnaval já com o seu salário em conta”, declarou a parlamentar.

 

Renan Filho recordou ainda que, ao assumir a gestão estadual, a dívida pública de Alagoas para com a União representava 175% da receita corrente líquida.

 

“Hoje, no começo do ano, a dívida está em 95% da nossa receita corrente líquida. Ou seja, a gente reduziu pela metade o endividamento do Estado com a União. Isso é muito significativo, sobretudo num momento em que o principal problema da União é, justamente, o seu endividamento”, ponderou Renan Filho, ressaltando a solidez fiscal e os investimentos feitos pelo Governo do Estado, sobretudo nas áreas de Educação, Saúde, Segurança Pública e Infraestrutura.

 

“Na verdade, toda a parte de gestão fiscal do Estado vem sendo realizada desde 2015. Trata-se de um projeto de longo prazo no qual tivemos um planejamento. Nosso trabalho é focado não só para o corte de gastos, que não é essa a ideia; a ideia é o controle de gastos, gastos inteligentes para que sobrem recursos para investimentos em prol da sociedade alagoana”, detalhou Renata Santos.

agenciaalagoas.al.gov

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com