Pesquisa para governo de São Paulo mostra Doria e Russomanno na frente

Na primeira pesquisa eleitoral para o governo de São Paulo realizada em 2018, do Instituto Paraná Pesquisas divulgado nesta terça-feira, 27, o prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) e o deputado federal Celso Russomanno (PRB) são os candidatos favoritos dos paulistas para o governo do estado na eleição deste ano.

O levantamento mostra os dois empatados na margem de erro em todos os cenários pesquisados, com Doria com cerca de 30% das intenções de voto e Russomanno, cerca de 29%. A margem de erro da pesquisa é de aproximadamente 2%, segundo o instituto.

Sem Russomanno, a segunda melhor opção é o presidente da Fiesp, Paulo Skaf (PMDB), mas, nesse caso, Doria teria 39% dos votos dos eleitores e Skaf, 19%. Já num cenário sem Doria, Russomanno teria 37% dos votos e Skaf teria 18%.

Quando aparece, Fernando Haddad (PT), ex-prefeito de São Paulo, tem entre 9% e 13% das intenções de voto dos paulistas.

Renúncia

Apesar de apontarem Doria como favorito, 42,5% dos eleitores acreditam que o Estado perde com a renúncia do prefeito. Para 39%, o estado ganharia com a candidatura de Doria. Outros 18,5% não sabiam ou não responderam.

Candidato tucano

Há uma pergunta específica sobre qual seria o candidato do PSDB com maior chance de ganhar o voto do eleitor. Doria aparece com 55,5% da preferência. Quando a mesma pergunta é aplicada ao PT, a resposta majoritária é “nenhum”, com 43%, seguida por Fernando Haddad, com 33%.

Vice-governador

O vice-governador de São Paulo, Márcio França (PSB), aparece nos cenários testados com intenções de voto que variam entre 2% e 5%. A pesquisa igualmente testou o grau de conhecimento do vice-governador. A maioria dos eleitores (92,5%) não sabe quem ocupa o cargo em São Paulo. O nome de França foi citado por apenas 5,5% dos eleitores quando a pergunta era quem assumiria o governo caso o governador Geraldo Alckmin (PSDB) deixasse o cargo para disputar a presidência.

Avaliação de Alckmin

O levantamento do Paraná Pesquisas igualmente mediu a avaliação da atual administração, do governador Geraldo Alckmin (PSDB). O tucano é aprovado por 53,4% dos eleitores e desaprovado por outros 41,6%.

Entre os eleitores de São Paulo, 31,2% considera o governo bom ou ótimo e 26,5% considera ruim ou péssimo. Outros 41,1% classificaram a administração como regular.

Senado

O Paraná Pesquisas ainda testou nomes para a disputa ao Senado pelo estado de São Paulo. Nos três cenários pesquisados, o vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy (PT), ficaria com uma das duas vagas em disputa nesse ano.

Ele aparece em primeiro lugar, com 35,7% dos votos, em um dos cenários. Nesse caso, é seguido pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf (PMDB), com 25,3% das intenções de voto. Suplicy igualmente aparece em primeiro lugar, com 36,6% das intenções de voto, no cenário sem Skaf. Nesse caso, ele é seguido pela ex-mulher, Marta (PMDB), que obteria 19,2% dos votos.

O vareador fica em segundo lugar em apenas um dos cenários pesquisados, quando o apresentador Datena (PRP) aparece na disputa. Nesse caso, o apresentador ficaria com 42,4% das intenções de voto e Suplicy com 33,3%.

O Paraná Pesquisas realizou o levantamento entre os dias 20 e 25 de fevereiro de 2018. Foram ouvidos 2 mil eleitores com mais de 16 anos em 84 municípios do estado de São Paulo. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2% para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Superior Tribunal Eleitoral (TSE) sob o número SP-04361/2018.

diariodopoder

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com