Indefinição de Rui Palmeira agita pré-campanha

O cenário é de indefinições. As articulações seguem nos bastidores, mas por enquanto os nomes dos pretensos candidatos ao cargo de governador do Estado são mantidos a sete chaves. Situação bem diferente de anos anteriores, quando no mesmo período já se tinha cravado quem é quem nos grupos políticos a disputar o mais alto cargo do Executivo estadual. Por enquanto, mesmo sem que ele verbalize publicamente, o que se tem como certo é que o governador Renan Filho (MDB) dispute a reeleição. No ninho tucano, as atenções se voltam para o prefeito Rui Palmeira (PSDB), que tende a ser o principal adversário de Renan nas urnas. O alto clero tucano não tem dúvida que será Rui, sim, o nome do partido, e que essa definição está praticamente consolidada, faltando apenas o momento para ser anunciada.

As lideranças tucanas apostam em pesquisas internas para fechar acordo em torno do nome de Rui. Segundo tucanos ouvidos pela Gazeta, pesquisa de credibilidade feita em todo o Estado aponta uma diferença de apenas 12 pontos pró-Renan em relação a Rui. O tucano, aliás, “já vem trabalhando nas articulações com partidos e lideranças políticas, na formação de uma forte aliança em torno de seu nome”, informa o alto clero do PSDB.

“E não vejo como não ser. Se optar por concluir o mandato [de prefeito], passará dois anos sem mandato. Resistirá, política e eleitoralmente? A eleição para o Senado em 2022 é de uma vaga só. Rui estará inteiro para a disputa, mesmo para o governo?”, questiona um dos dirigentes do PSDB em Alagoas.

gazetaweb.globo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com