Publicação do edital de concurso para cartórios é adiada pelo TJ/A

O presidente da Comissão do Concurso para Ingresso e Remoção na Atividade Notarial e de Registro do Estado de Alagoas, desembargador Tutmés Airan de Albuquerque Melo, informou, nesta quinta-feira (25), que por razões de ordem técnica, a publicação do edital do certame será reprogramada. Inicialmente, o adiamento seria só de um dia, já que a data inicialmente prevista para publicação era esta quinta-feira e havia sido adiada para a sexta (26). Uma nova nota enviada à imprensa, no entanto, ressaltou que a nova data ainda será definida.

A comissão responsável pela realização do concurso para os cartórios extrajudiciais de Alagoas se reuniu no último dia 4, aprovando um cronograma para a retomada do certame, que teria edital publicado nesta quinta (25). O presidente da comissão acredita que não haverá mais entraves.

O concurso, cujo reinício foi autorizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), visa preencher quase 200 vagas de tabeliães, notários e registradores em todo o estado.

“O CNJ se pronunciou definitivamente. Havia dois questionamentos, um relativo à legalidade da contratação da Copeve, e se constatou a legalidade; e recursos de registradores insatisfeitos com a declaração de vacância de algumas das serventias”, explicou Tutmés Airan.

Tutmés Airan ressaltou que o certame deixará a situação dos cartórios em conformidade com a Constituição do Brasil, especialmente quanto ao seu aspecto republicano.

A Copeve, instituição vinculada à Universidade Federal de Alagoas, é a organizadora do certame. “É um concurso necessário, um processo muito esperado, e que vai ser muito bem realizado pela Universidade. A parte que cabe a nós da Copeve será muito rigorosa”, garantiu a diretora Marinês Coral Fagundes.

Cronograma

A prova objetiva, primeira etapa da seleção, está prevista para o dia 29 de abril. O concurso terá ainda prova discursiva (27 de maio), prova oral (23 a 27 de julho) e prova de títulos (16 a 17 de agosto). O resultado final está previsto para 25 de setembro.

O edital contemplará um prazo para pedidos de devolução do valor pago em inscrições já feitas. “As inscrições anteriores estão mantidas, mas, se o candidato quiser desistir, ele vai ter esse direito”, explicou Marinês Fagundes.

gazetaweb

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com