Campanha de doação de sangue é lançada para superar nível crítico com a falta de doadores 

O Hemocentro de Alagoas (Hemoal) chegou ao nível mais crítico de quantidade de doação de sangue, com apenas 61 bolsas no estoque, nesta terça-feira (21). Devido à situação, apenas casos emergenciais estão sendo atendidos e campanhas estão sendo criadas para o aumento dos números.
De acordo com a assistente social do Hemoal, Débora dos Anjos, o estoque diário é variado, porém sempre abaixo da média, de 300 bolsas de sangue por dia. ”Hoje estamos em estado crítico, totalmente no vermelho. Mas em uma semana os números variam diariamente. De 101 bolsas caímos no outro dia para 78, e assim vai. Sempre muito abaixo do que deveríamos ter”, disse ela.
Em estado crítico, o acesso às doações se torna cada vez mais restritiva, com as bolsas sendo direcionadas apenas para casos de emergência. Segundo Débora, as agências do Estado fazem as solicitações diárias e distribuem os sangues para as prioridades, já que não existe condição de atender a todos.
Como forma de aumentar os números, o Hemoal e o Hemocentro Regional de Arapiraca (Hemoar) iniciou nesta terça-feira (21) a campanha “Semana do Doador”, que vai até a sexta-feira (24) em Arapiraca, e até o sábado (25) em Maceió. Nela, as pessoas que participarem irão receber uma camisa com os dizeres “Eu sou doador” estampado.
“A campanha é a semana máxima da gente durante o ano e estamos contando com a população, que as pessoas compareçam e doem”, disse a assistente social, completando que o primeiro dia de doações começou bem, mas que leva de 3 a 4 dias para o sangue ser liberado.
Como doar
Os pontos de coleta de sangue são realizados no Hemoal Trapiche, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e aos sábados, das 8h às 17h ou no Hemoal Farol, dentro do Hospital do Açúcar, das 8h às 11h. As doações no interior ocorrem no Hemoar, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30, na Rua Geraldo Barboza, no Centro de Arapiraca.
Para ser um doador é necessário ter entre 16 e 69 anos, com no mínimo 50 kg e ter um documento de identificação com foto. Para menores de 18 anos é necessário estar acompanhado dos pais e portando um documento de identificação oficial e original dos responsáveis.
 O voluntário não pode ter contraído doença de Chagas, Aids, sífilis e hepatite após os 11 anos e é indispensável que o candidato à doação esteja bem alimentado. Em se tratando das gestantes e lactantes, não é permitida a doação.
 Já quanto aos doadores que irão repetir o procedimento, estipula-se um intervalo de dois meses para os homens e três para as mulheres.
*Estagiária. 

O Hemocentro de Alagoas (Hemoal) chegou ao nível mais crítico de quantidade de doação de sangue, com apenas 61 bolsas no estoque, nesta terça-feira (21). Devido à situação, apenas casos emergenciais estão sendo atendidos e campanhas estão sendo criadas para o aumento dos números.


De acordo com a assistente social do Hemoal, Débora dos Anjos, o estoque diário é variado, porém sempre abaixo da média, de 300 bolsas de sangue por dia. ”Hoje estamos em estado crítico, totalmente no vermelho. Mas em uma semana os números variam diariamente. De 101 bolsas caímos no outro dia para 78, e assim vai. Sempre muito abaixo do que deveríamos ter”, disse ela.


Em estado crítico, o acesso às doações se torna cada vez mais restritiva, com as bolsas sendo direcionadas apenas para casos de emergência. Segundo Débora, as agências do Estado fazem as solicitações diárias e distribuem os sangues para as prioridades, já que não existe condição de atender a todos.


Como forma de aumentar os números, o Hemoal e o Hemocentro Regional de Arapiraca (Hemoar) iniciou nesta terça-feira (21) a campanha “Semana do Doador”, que vai até a sexta-feira (24) em Arapiraca, e até o sábado (25) em Maceió. Nela, as pessoas que participarem irão receber uma camisa com os dizeres “Eu sou doador” estampado.


“A campanha é a semana máxima da gente durante o ano e estamos contando com a população, que as pessoas compareçam e doem”, disse a assistente social, completando que o primeiro dia de doações começou bem, mas que leva de 3 a 4 dias para o sangue ser liberado.


Como doar


Os pontos de coleta de sangue são realizados no Hemoal Trapiche, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e aos sábados, das 8h às 17h ou no Hemoal Farol, dentro do Hospital do Açúcar, das 8h às 11h. As doações no interior ocorrem no Hemoar, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30, na Rua Geraldo Barboza, no Centro de Arapiraca.


Para ser um doador é necessário ter entre 16 e 69 anos, com no mínimo 50 kg e ter um documento de identificação com foto. Para menores de 18 anos é necessário estar acompanhado dos pais e portando um documento de identificação oficial e original dos responsáveis.


 O voluntário não pode ter contraído doença de Chagas, Aids, sífilis e hepatite após os 11 anos e é indispensável que o candidato à doação esteja bem alimentado. Em se tratando das gestantes e lactantes, não é permitida a doação.


 Já quanto aos doadores que irão repetir o procedimento, estipula-se um intervalo de dois meses para os homens e três para as mulheres.


*Estagiária. 

Cadaminuto

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com