Alagoas registra 22 ataques a agências bancárias somente este ano

número de ataques a bancos neste ano subiu para 22. Até julho, o Sindicato dos Bancários de Alagoas tinha contabilizado 18 ocorrências. Já em 2016, foram registrados 35 ataques.

Os alvos costumam ser agências do interior do estado. Os dados do sindicato mostram que foram registradas duas ocorrências com reféns.

Em Feira Grande, um grupo de cerca de 15 homens armados arrombou a agência e levaram o cofre central. Na fuga, eles obrigaram os feirantes a transportar o cofre até um veículo.

No município de Major Izidoro, criminosos explodiram um terminal de autoatendimento da agência do Banco Bradesco. Durante a ação, o grupo manteve funcionários e feirantes reféns.

Também foram registrados assaltos com arrombamento de caixas e agências. Foram 12 casos, sendo um em uma agência da Caixa Econômica no centro da capital alagoana.

As outras ocorrências aconteceram nas cidades de Feira Grande, Coruripe, Campo Grande, Passo de Camaragibe, Igaci, Água Branca, Girau do Ponciano, Novo Lino e Igreja Nova.

Ainda segundo o Sindicato dos Bancários, duas tentativas de assalto foram registradas. Nas duas ações, os criminosos fugiram e não foram identificados. Além disso, seis ataques a bancos sem o intuito de roubar dinheiro foram registrados.

Em um dos casos, que aconteceu em uma agência do Banco Bradesco, em Maceió, um morador de rua arrombou a agência para roubar coletes à prova de bala.

gazetaweb

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com