thumbnail_Comunidades rurais difusas de Pão de Açúcar serão beneficadas pela Codevasf com abastecimento de água

Codevasf investe R$ 8 milhões para levar água tratada a comunidades rurais difusas do semiárido alagoano

Cerca de sete mil pessoas serão beneficiadas com acesso a água tratada por meio de obras de abastecimento que estão sendo empreendidas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) na zona rural do município de Pão de Açúcar, no semiárido alagoano. Quase R$ 8 milhões serão investidos nas ações. O projeto de levar água a comunidades rurais difusas prevê a implantação de dois subsistemas de abastecimento.
“Serão implantados os subsistemas 01 e 02, cada um com captação própria de águas do rio São Francisco e atendendo, separadamente, cada um, um conjunto de comunidades. Neste momento, os trabalhos estão sendo realizados para implantação do subsistema 02, com 36% de avanço na obra”, explica o engenheiro civil da Codevasf Leonardo Cruz, responsável por acompanhar os trabalhos.
O subsistema 02 deverá atender cerca de 4,5 mil pessoas em quatro comunidades rurais: Conceição, Lajes 1, Lajes 2 e Alemar. A infraestrutura que está sendo implantada pela Codevasf contará com uma rede de distribuição e linhas de recalque de aproximadamente 35 quilômetros, sete reservatórios elevados, cada qual com capacidade para armazenar 20 metros cúbicos de água e estação de tratamento. Nesse primeiro subsistema, a Codevasf está investindo R$ 5,5 milhões. A previsão é que a Companhia conclua o subsistema 02 até o fim deste ano.
O subsistema 01, por sua vez, atenderá cerca de 2,5 mil pessoas nas comunidades de São José, Novo Gosto e Boa Sorte. A rede de distribuição e linhas de recalque terão 28 quilômetros de extensão e seis reservatórios com capacidade de armazenamento de 20 metros cúbicos. Nessa segunda fase, a Codevasf investirá R$ 2,5 milhões.
Na avaliação do superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Antônio Nélson de Azevedo, esses investimentos deverão garantir infraestrutura hídrica necessária ao desenvolvimento das comunidades rurais atendidas. “Água é um recurso natural dos mais fundamentais à vida humana e também ao desenvolvimento socioeconômico. Por ser um direito humano fundamental, é nosso dever executar projetos de infraestrutura hídrica que promovam o acesso às populações atendidas pela Codevasf. São quase R$ 8 milhões investidos pelo governo federal, que deverão se reverter em qualidade de vida e cidadania para cerca de sete mil pessoas”, ressalta.

Bruno Santos – Jornalista Mte 759/AL
Mais informações: www.codevasf.gov.br

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com