trabalhadoresdealagoas-350x193

Alagoanos vítimas de golpe do falso emprego viram notícia nacional

Mais de 50 alagoanos do município de Delmiro Gouveia, no Sertão alagoano, foram vítimas do golpe do falso emprego. De acordo com informações da imprensa nacional, o grupo saiu de Alagoas no sábado (21) sem água, comida e sem dinheiro, apenas com a expectativa de conseguir o tão sonhado emprego prometido por um homem que se passou por agenciador.

Um dos trabalhadores contou que participa de um grupo criado somente para partilhar informações sobre empregos temporários pelo país e que um indivíduo ofereceu emprego na construção civil, em Uberlândia (MG). Interessado, ele fez o que o agenciador sugeriu: reuniu um grupo, arrecadou R$ 400 de cada, para custear moradia e partiram para São Paulo. O problema é que o endereço fornecido pelo agenciador foi o do Sine (Sistema Nacional de Empregos).

Somente quando os trabalhadores chegaram a Uberlândia descobriram que se tratava de um golpe. “Ligamos várias vezes para o número dele [agenciador] mas consta como desligado. Até a funcionária do Sine tentou, mas não conseguiu localiza-lo”, disse uma das vítimas.

Outra vítima afirma que muitos pegaram empréstimos com agiotas com a esperança de ter dinheiro para pagar ao final da jornada e agora retornam somente com as dívidas. Desempregado há mais de dois anos, o soldador José Antônio contou que foi uma decepção. “A gente viu uma oportunidade de trabalho e chegamos aqui e aconteceu tudo isso”.

Os trabalhadores conseguiram dinheiro apenas para pagar a passagem de volta para Alagoas.

alagoas24horas

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com