296455cb-3eab-4945-ab70-d4258f72a8ee

Diretor do Sinteal diz que não chamou Bruno Toledo de fascista após deputado ameaçar processo

nsamento da entidade que representa.

“Eu não chamei o Bruno Toledo de fascista. Eu falei que a prática que ele estava fazendo lembrava o fascismo. E essa foi uma declaração particular minha, não é uma declaração oficial do Sinteal”, disse.

Durante sessão na Assembleia Legislativa (ALE) nesta quinta-feira (14), Bruno Toledo afirmou que irá processar a direção do Sinteal e, em separado, Lucas, por calúnia e difamação.

Lucas, porém, afirmou que ainda não tomou conhecimento sobre o que Bruno Toledo disse durante a sessão e que irá aguardar ser acionado pela justiça, caso haja processo do deputado.

“Eu não irei me pronunciar sobre o assunto até falar com o corpo jurídico do Sinteal e ouvir o que o deputado realmente falou, já que eu não tive conhecimento ainda”, finalizou.

*Estagiário

cadaminuto

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com