ASFIXIA696x451

PC prende acusado de matar a enteada de 1 ano por espancamento

A Polícia Civil de Alagoas prendeu José Arnaldo Jacinto do nascimento, de 39 anos, acusado de espancar até a morte a enteada de apenas 1 anos de 10 meses. A menina, identificada como úlia Beatriz dos Santos Silva, foi morta com pancadas na cabeça. O crime ocorreu em março de 2014, onde morava a família, no bairro do Feitosa.

José Arnaldo foi localizado na cidade de Matriz do Camaragibe, em operação que mobilizou agentes da Delegacia dos Crimes Contra a Criança e o Adolescente e da Asfixia, depois de ter prisão temporária decretada pelo juiz João Dirceu Soares Moraes, da 14° Vara Criminal da Capital. O acusado estava foragido desde o crime.

Na época do crime, a mãe da criança Roberta dos Santos Silva confirmou à reportagem do Alagoas 24 horas, que tanto a criança quanto ela eram alvos recorrentes das agressões de José Arnaldo. No último episódio, que resultou na morte da menina, o serviço social do Hospital Geral do Estado acionou a polícia após a menina ser internada na unidade de saúde. Dezesseis dias depois do internamento, a menor morreu.

José Arnaldo responde ainda por lesão corporal, ameaça, maus-tratos, tendo sido preso em flagrante delito por duas vezes e autuado na Lei Maria da Penha. Entre esses crimes, estão maus tratos contra dois filhos biológicos, de 3 e 4 anos, e agressões contra a avó materna dos meninos.

alagoas24horas

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com