leopoldo-pedrosa

Maribondo, AL, está há 19 dias sem gestor após prisão de prefeito acusado de agredir a esposa

 A pós a prisão do prefeito de Maribondo, Leopoldo Cesar Amorim Pedrosa, o Leopoldo Pedrosa (PRB), o município está há 19 dias sem gestor. O político é acusado de agredir a esposa e a sogra.

Segundo o vice, Serginho Marques (PRPB), a Câmara de Vereadores ainda não se pronunciou sobre sua posse, mesmo após o fim do prazo da Lei Orgânica Municipal que estabelece a ausência do chefe do executivo por apenas 15 dias.

“Já entramos com um mandado de segurança e estamos aguardando, mas até agora nada”, falou o vice.

O G1 tenta contato com o presidente da Câmara para explicar a situação.

Leopoldo Pedrosa (PRB), foi preso no dia 28 de junho em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo presidente do Tribunal de Justiça (TJ).

Já no dia 11 de junho, a prisão preventiva dele foi mantida após a defesa do acusado alegar ausência de provas.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com