ricardomota

Collor se movimenta na oposição local para as eleições de 2018

Até as pedras sabem que as relações entre os senadores Collor e Renan Calheiros são de desconfiança mútua.

Mais do que isso, o ex-presidente nunca aceitou que Calheiros tivesse o tamanho político dele – que chegou ao Planalto, o sonho de Renan Filho.

Agora, mais do que nunca, mesmo longe, Collor articula com aliados para formar uma oposição factível a Renan pai e Renan Filho.

Não é uma tarefa fácil, o que não intimida o ex-presidente.

Ele já vinha conversando com velhos aliados antes da viagem no recesso do Congresso, e já deixou articulados outros encontros com o objetivo de fazer frente aos Calheiros, que ele critica com a sua conhecida veemência.

Ele poderia disputar o governo do Estado?

A pergunta, eu fiz. A resposta: “Em se tratando de Collor, nada pode ser descartado”.

A lembrar, 2010.

Agora, como então, ele não tem nada a perder.

blog.tnh1

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com