Reeducandos ajudam a limpar e organizar cidades atingidas pelas chuvas em AL

Mais de 60 reeducandos do sistema prisional de Alagoas estão ajudando a ‘reorganizar’ os municípios atingidos pelas chuvas que caíram nos últimos dias em Alagoas. De acordo com a Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), equipes formadas pelos presos foram enviadas para as cidades de Marechal Deodoro, Pilar e Jacuípe com o objetivo de ajudar na limpeza das ruas e na retirada do lixo pós-alagamentos. Os reeducandos também estão ajudando na distribuição de alimentos e na reconstrução das áreas.

De acordo com a Seris, os detentos que estão no regime semiaberto já realizam diariamente essas atividades em regiões pré-selecionadas pela pasta. Por isso, segundo a secretaria, após a destruição registrada nos municípios, o Estado de Alagoas resolveu enviá-los para os locais com objetivo de reforçar os trabalhos.

Todos os detentos que foram enviados são ligados ao setor de reintegração social da pasta e boa parte deles são monitorados por tornozeleira eletrônica. Já outros são observados de perto por fiscais e coordenadores da Secretaria de Ressocialização. A pasta informou que os reeducandos já recebem um auxílio para realizar esse tipo de trabalho.

Ainda segundo a Seris, não há um prazo para que os detentos encerrem os trabalhos nos municípios, pois há muito serviço a ser feito não só nas três cidades para onde os grupos foram enviados, mas nas 27 que tiveram o decreto de emergência reconhecido pelo governo em decorrência das chuvas.

gazetaweb.globo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com