201706280951_277b0cba92.jpg

Prefeito de Maribondo é preso pela Polícia Civil durante operação

Uma operação deflagrada pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (28), prendeu o prefeito do município de Maribondo, Leopoldo Pedrosa. 
Os policias cumpriram mandado de prisão expedido pela presidência do Tribunal de Justiça.
De acordo com a polícia, Leopoldo Pedrosa é acusado de agredir a ex-mulher, Meiry Emanuella de Oliveira Vasconcelos. Eles estavam separados e a agressão aconteceu no dia 21 desse mês.
Meiry Vasconcelos já havia conseguido uma medida protetiva contra ele. O prefeito era monitorado por uma tornozeleira eletrônica para não se aproximar da vítima. Eles passaram três anos de casados e as agressões seriam constantes.
O cumprimento de mandado ocorreu em Marimbondo e contou a participação de agentes da Asfixia e da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic).O promotor de Maribondo, Marlisson Andrade, havia requerido as medidas protetivas para a ex-esposa do gestor e elas foram deferidas.
Em função do crime de violência doméstica, a Polícia Civil fez uma representação ao Tribunal de Justiça, pedindo a prisão de Leopoldo Amorim. O presidente da Corte enviou essa representação ao Ministério Público e pediu que a chefia da instituição se manifestasse.
O prefeito não reagiu à prisão e foi encaminhado para a sede da Deic, na Santa Amélia. 
HISTÓRICO
A Polícia Civil informou que existem dois boletins de ocorrência que o acusam de violência doméstica. Em uma das oportunidades, ele teria agredido, inclusive, a sogra. O prefeito nega as acusações.
Leopoldo Pedrosa foi preso em 2013 por embriaguez ao volante e uso de documento falso. À época, ele era vereador no município.

gazetaweb.globo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com