201706061355_c70982f242

Éverton Ribeiro é apresentado pelo Flamengo: “Sonho de longa data”

Mal chegou e Éverton Ribeiro já pode sentir um gostinho do que é ser jogador do Flamengo. Depois de uma recepção calorosa no desembarque no Aeroporto Santos Dumont pela manhã, o meia seguiu para a sede social do clube, na Gávea para ser apresentado oficialmente.

Com contrato de quatro anos assinado, Éverton recebeu a camisa de número 7 das mãos do presidente Eduardo Bandeira de Mello, ao som do hino rubro-negro.

– Estou muito feliz de realizar o sonho, que é jogar nesse enorme clube que é o Flamengo Poder vestir esse manto. O que mais quero é conhecer e poder estar junto com o grupo. O sonho é de longa data. todo jogador que se torna profissional sabe que o Flamengo tem uma torcida apaixonada. Não pensei duas vezes na hora de tomar a decisão. Foi difícil, mas estou aqui. Quero passar a alegria que tenho ao jogar bola para todo mundo, e agradecer esse carinho comigo e a minha família.

Vindo de longa temporada pelo Al Ahli, Éverton entraria de férias nesse meio de ano. Ele rejeita a ideia de descanso e planeja início de treinos para esta sexta-feira. O meia só pode ser inscrito e ficar livre para jogar a partir do dia 20 de junho, quando abre a janela internacional de transferência.

– A ideia é começar a treinar o mais rápido possível, já conversei com Rodrigo e doutor. Como venho de fim de temporada, vamos tomar cuidados. Estou bem fisicamente, inteiro clinicamente, isso é importante. Já me mostraram fotos do CT, fiquei sabendo que é um dos melhores do Brasil. Sexta já estou de volta para estar com o grupo.

Durante a apresentação, o presidente do Flamengo falou brevemente sobre o processo de contratação do meia, fechada por 6 milhões de euros. Bandeira afastou especulações sobre “gás” com a venda de Vinicius Júnior, que trouxe dinheiro aos cofres rubro-negro.

– Pode parecer que tem a ver. Mas o contato com o Éverton vem de alguns meses, muito antes de qualquer transação do Vinícius Júnior.

Confira outros trechos da entrevista coletiva de apresentação:

Escolha do número 7

Sete é uma referência bíblica. Casei no dia 7. Rodrigo falou que a torcida estava fazendo relações com o hepta do Flamengo. Tudo acabou conspirando para que eu possa usar a sete. Esperamos ser felizes.

Sobre atuar com Diego e Guerrero

São consagrados, tanto em clube quanto na Seleção. São jogadores de caráter, estão sempre brigando em prol do clube. Eles são de grupo, não têm vaidade. Muito feliz de jogar não só do lado deles, mas como de todo o grupo. Com certeza vou poder ajudar esse grande clube e esse grande grupo que se formou.

“Conselho” de novos companheiros

Só joguei com o Everton e o Damião. Só que conversei muito com Rodrigo, me passou como o clube vem crescendo, tudo que vem se criando para dar essa estrutura aos jogadores para buscarmos o melhor de cada um. Venho muito tranquilo, confiante em fazer grande trabalho e estou à disposição do grupo 100% para poder ajudar com meu futebol.

Recusou outros clubes?

Houve outros clubes, não cabe a mim ficar citando outros clubes, mas o mais importante é que o Flamengo me procurou. Já tínhamos um acordo há bastante tempo. Só estava ansioso porque não podia anunciar. Hoje é um dia muito feliz da minha história, fico feliz de fazer parte da nação rubro-negra.

História vitoriosa no Cruzeiro

Cruzeiro foram dois anos espetaculares, conquistamos dois títulos brasileiros, tenho amigos lá e carinho especial pelo Cruzeiro, mas agora é dar meu melhor aqui e construir minha história no Flamengo. Tenho certeza que será história muito vitoriosa e com muitos títulos aqui no Flamengo.

Possibilidade de estreia

A ideia é começar a treinar o mais rápido possível, já conversei com Rodrigo e doutor. Como venho de fim de temporada, vamos tomar cuidados. Estou bem fisicamente, inteiro clinicamente, isso é importante. Já me mostraram fotos do CT, fiquei sabendo que é um dos melhores do Brasil. Sexta já estou de volta para estar com o grupo.

Postagens ”enigmáticas” da esposa

Era um corvo (em foto divulgada), mas transformaram em urubu, foi muito engraçado (risos). Isso foi muito gratificante. A torcida já abraçando, isso faz muita diferença. Todo mundo com pensamento muito positivo, a bola acaba entrando. Tudo combina. Com certeza vamos ter bom relacionamento, que começou desde a internet.

gazetaweb.globo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com