Nota-Felipe-Feijó-206x300

Em nota, Felipe Feijó garante que apresentará documentação de arma apreendida

Após a operação denominada “Bola Fora” da Polícia Federal, na qual foi conduzido à sede da PF por porte ilegal de arma de fogo, o presidente da Federação Alagoana de Futebol (FAF), Felipe Feijó, emitiu uma nota de esclarecimento. No documento, o filho do vice-presidente da CBF e prefeito de Boca da Mata, Gustavo Feijó, afirma que não tem ligação com o foco principal da ação policial e que irá apresentar a documentação da arma encontrada, perante a justiça.

Sobre a acusação de “Caixa 2” nas eleições de 2012, na qual o pai foi eleito prefeito no município de Boca da Mata, Felipe Feijó, através da sua assessoria jurídica, afirmou que nada tem a ver com o processo.

“FELIPE FEIJÓ não possui qualquer vínculo com o objeto da investigação, inclusive porque remete a fatos que sequer datam de sua gestão à frente da entidade”, diz o documento, em referência a possibilidade de Gustavo Feijó ter recebido dinheiro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para a sua campanha.

Felipe Feijó (Foto: Ascom/FAF)

Felipe Feijó (Foto: Ascom/FAF)

Com relação a arma encontrada e que seria de Felipe Feijó, os advogados garantem que não há “ilicitude” e que a documentação será apresentada perante a justiça. “Quanto ao recolhimento da arma de fogo de uso permitido encontrada em sua residência, esclarece também que a inexistência de ilicitude será oportunamente comprovada perante à Justiça”.

CONFIRA A NOTA:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

FELIPE OMENA FEIJÓ, por meio de sua assessoria jurídica — tendo em vista os fatos informados pela mídia, relativos à operação realizada pela Polícia Federal na manhã desta sexta-feira, 9 de junho de 2017 — vem a público esclarecer: A busca e apreensão ora noticiada decorreu de decisão do TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE ALAGOAS, em procedimento onde se apura suposta arrecadação irregular de recursos financeiros durante o pleito eleitoral de 2012 no município de Boca da Mata, que teve como prefeito eleito o Sr. GUSTAVO DANTAS FEIJÓ.

Em que pese as diligências terem sido realizadas em sua residência e na sede da FEDERAÇÃO ALAGOANA DE FUTEBOL, da qual é presidente, o Sr. FELIPE FEIJÓ não possui qualquer vínculo com o objeto da investigação, inclusive porque remete a fatos que sequer datam de sua gestão à frente da entidade. Informa, ainda, que a busca realizada na sede da Federação não resultou em nenhuma apreensão.

Quanto ao recolhimento da arma de fogo de uso permitido encontrada em sua residência, esclarece também que a inexistência de ilicitude será oportunamente comprovada perante à Justiça. Por fim, convicto de que qualquer ilicitude praticou, reafirma a sua disposição para prestar todas as informações necessárias à elucidação dos fatos.

Maceió/AL, 09 de junho de 2017.

ASSESSORIA JURÍDICA

 

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com