Ana-Flavia-Sindspem2.jpg

​Presidente do SINDSPEM vai à Câmara de Vereadores falar sobre servidores da Prefeitura

A Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Penedo (SINDSPEM), professora Ana Flávia Teixeira, estará na Câmara de Vereadores às 19 horas desta terça-feira, 27, para mostrar qual é a situação dos funcionários da Prefeitura de Penedo e como se encontra a discussão entre governo e trabalhadores a respeito da Campanha Salarial 2017.

Sem ganho real nos vencimentos e nem sequer a recomposição integral das perdas causadas pela inflação, o funcionalismo público municipal penedense perde seu poder de compra. De acordo com o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), o acumulado da inflação entre maio de 2011 e maio de 2017 é de 41,6%.

Vale lembrar que o reajuste salarial obtido em 2011 foi resultado de mais uma jornada de luta do SINDSPEM e dos servidores municipais, quando ocorreu a primeira greve geral da história do funcionalismo público municipal penendense.

Para evitar que se chegue novamente a esse ponto, o SINDSPEM insiste no diálogo institucional com o governo municipal que desrespeita a data-base do funcionalismo (02 de Maio) e demonstra pouco interesse em sentar à mesa para tratar sobre assuntos de interesse dos trabalhadores.

Március Beltrão repete – de forma ainda pior – o comportamento que teve em 2016. No ano passado, ele levou dois meses para atender o pedido da primeira audiência sobre campanha salarial, ainda assim para dizer que seu gabinete não havia lhe informado sobre a pauta amplamente divulgada nos meios de comunicação de Penedo.

Este ano, passados mais de três meses da solicitação oficial por parte do SINDFSPEM, o governo apenas orientou o secretariado a receber representantes do sindicato. Na prática, a medida resultou em apenas uma reunião, sendo com o Secretário de Saúde, Pedro Madeiro.

Além da demora em receber os legítimos representantes dos servidores municipais, Beltrão ofereceu em 2016 irrisório um por cento de aumento para o funcionalismo geral, ainda assim parcelado em três vezes. A proposta foi recusada, em assembleia, pelos servidores submetidos a cinco anos de achatamento salarial e nenhum reajuste real de salário.
 
SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE PENEDO – SINDSPEM


A Valorização do Servidor Começa Aqui!

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com