tmp_7929-201702151959_21347fa0281534144722

Maioria da bancada federal de Alagoas vota contra a Reforma Trabalhista

maioria dos deputados que compõe a bancada federal alagoana votou contra o texto-base da Reforma Trabalhista proposta pelo governo Michel Temer. Ao todo, foram seis votos contra e três a favor de mudanças nas regras. No entanto, a votação total no plenário da Câmara foi favorável ao projeto, rendendo 296 votos a favor e 177 contra. A matéria segue, agora, para análise no Senado Federal.

A votação se deu nessa quarta-feira (26) e contou com a participação dos nove deputados federais que representam Alagoas. Os parlamentares Cícero Almeida (PMDB), Givaldo Carimbão (PHS), João Henrique Caldas – JHC (PSB), Paulão (PT), Ronaldo Lessa e Rosinha da Adefal (PTdoB) foram contra os dispositivos do projeto da Reforma Trabalhista.

Por sua vez, os deputados Arthur Lira (PP), Nivaldo Albuquerque (PRP) e Pedro Vilela (PSDB) votaram a favor do projeto de lei, acreditando que a matéria trará melhores benefícios ao trabalhador, seja ele da iniciativa pública ou privada.

No total, 296 parlamentares votaram a favor da Reforma e 177 contra. A maioria, portanto, entendeu que, entre outros pontos, o texto define questões que podem ser fruto de acordo entre empresários e representantes dos trabalhadores, passando a ter força de lei.

Dos 17 destaques apresentados, com sugestões de alteração no texto votadas após a votação principal, apenas uma foi aprovada. As demais acabaram sendo rejeitadas ou retiradas.

Além da oposição, que é contra a reforma, os líderes dos partidos SD, PMB e PSB orientaram o voto contrário à proposta.

Gazetaweb

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com